1 de julho de 2013

uma viagem a Fortaleza com TRIgêmeas (e você aí se mancando para viajar com um filho só!!!), por Desirée Tapajós

A Desirée Tapajós é uma leitora queridíssima, autora do blog As Trigêmeas de Manaus. Há tempos ela planejava viajar com as pequenas, mas imagina o medão que deve dar de viajar com TRIgêmeas??? Só de pensar em TER trigêmeos já me dá um nó na cabeça, imagina viajar com os 3?!?


É claro que eu, sendo completamente inconsequente como sou, dei a maior força para ela fazer esta primeira viagem com as crias e "desencalhar", ou seja, vencer o medo da primeira viagem - e depois fiquei meio apavorada, pensando se não teria sido irresponsabilidade minha kkkkkk...

Mas não é que ela foi, adorou a experiência, e agora voltou para contar para a gente como é VIAJAR COM TRIGÊMEAS!?! (e tanta gente com medo de viajar com um filho só...)

Segue o relato da (corajosa) Desirée

Hoje estou transbordando de felicidade, pois fui convidada para descrever como foi minha viagem com minhas trigêmeas de 2 anos e 6 meses, que além de uma viagem com crianças foi também uma viagem em família, pois no total eram 10 pessoas, sendo 7 adultos e 3 crianças. É uma honra estar hoje no blog do Felipe o pequeno viajante, que amo e que me ajudou a tomar coragem ao ver que era possível viajar com crianças.

Vou contar como tudo aconteceu. A primeira coisa a ser feita foi decidir o roteiro. No nosso caso, o roteiro escolhido foi um lugar conhecido por muitos: Fortaleza, pois nós, os pais, já conhecíamos, então era mais fácil de pensar nos passeios, mas mesmo que tivéssemos alguns lugares já pré-estabelecidos, não deixamos de pesquisar locais que agradassem às crianças, mas que os adultos pudessem curtir também. Nosso roteiro ficou assim:

1º dia:
No primeiro dia fomos para o Crocobeach. As meninas e todos nós amamos, realmente esse local tem uma estrutura muito boa. Tinha recreação para as crianças com palhaço que as meninas dispensaram, pois têm pavor de palhaço, mas dançaram na piscina, brincaram de baldinho, aproveitaram ao máximo a presença dos tios/avós.




Uma pena que a Praia do Futuro não estava boa para banho. Segundo as pessoas, ela estava com aparência de suja devido ao período de desova das algas. Para as meninas, foi uma festa só - para elas não teve problema nenhum. Levamos elas para brincarem nos laguinhos que se formavam e elas curtiram muito.


À noite, jantamos num restaurante chiquérrimo chamado Boi Negro. As meninas quase nem comeram, pois super aprovaram o espaço kids deles.



2º dia:
Foi um dia muito especial, pois era o dia das mães. Para comemorar, fomos para o Engenhoca Parque Educativo, que fica em Aquiraz (CE).

Esse parque é maravilhoso. As meninas brincaram de mini tirolesa, no pula gigante, no espaço kids, viram vários animais, aproveitaram o chuveirão e muitas outras coisas no parque. Enfim, aproveitaram muito. Os tios participaram dos brinquedos da sessão aventura. O parque é lindo, super mega recomendo.





À noite fomos jantar no restaurante Chão de Estrelas. Ele foi escolhido pelo espaço kids, que as meninas amam. Só que, neste restaurante, cada criança paga R$ 10,00 para poder brincar no espaço.

Tive um dia das mães maravilhoso na companhia da minha família, nos divertimos muito nesse dia especial, pois fiquei fazendo algo que adoro, conhecendo coisas diferentes, viajando. Simplesmente um dia fantástico, para ser lembrado com carinho por toda vida. Me senti a Claudia, passando o dia das mães viajando :)


3º dia:
No terceiro dia de viagem, o grupo se dividiu, pois os jovens (Alice, Brena e Alfredo) foram fazer passeios para conhecer outras praias que, com o trio, não seria possível.

Já as avós, as meninas, eu e maridinho fomos para a Rua Monsenhor Tabosa. Minha sogra queria fazer umas comprinhas, não conseguimos entrar em muitas lojas, o sol estava a pino e as meninas a mil como sempre, então depois de um tempo resolvemos ir para o Shopping Iguatemi. Lá as meninas ficaram no espaço kids e fomos dar uma volta no shopping. Pensa que só compramos coisas para essas meninas.

À noite, fomos para um rodízio de camarão que ficava em frente ao hotel em que nos hospedamos, simplesmente maravilhoso, e com o valor de R$ 32,90 por pessoa. Eu acho que o nome do hotel é Brasil Tropical. O hotel onde estávamos era Via Venetto, na Rua Abolição, no Bairro Meireles.


4º dia:
No quarto dia de viagem o grupo se uniu novamente e fomos para o Beach Park.




Para registrar esses momentos, contratamos os serviços de fotografia MK Produções e Eventos - Fotos e Filmagens. Um fotógrafo super discreto, calmo, além de muito bom. Vou dar para vocês uma dica de amiga: além de tudo, o preço do serviço é super bom, mega recomendo para quem for para Fortaleza e quiser registrar seu momento mágico (contato: Márcia (085-8824-1045) e Paulo (085-8745-4607). No dia seguinte me entregaram as fotos já tratadas.


5º dia:
No último dia, fomos para a Praia de Cumbuco, onde finalmente as meninas tomaram banho de mar de verdade. Como sempre, adoraram e curtiram muito. Depois de muito brincar no mar e na praia, de baldinho, fomos aproveitar a estrutura oferecida pela agência que nos guiou. Tinha uma piscina menos radical, ótima para as meninas, que assim precisam de menos atenção, podendo brincar mais livres.



Depois do almoço, Alice e Brena resolveram pegar uma cor, já eu e mamãe resolvemos aproveitar para fazer uma massagem gostosa, e minha sogra aproveitou para fazer umas compras nos arredores. Lógico que tudo isso aconteceu pois conseguimos fazer o trio tirar um soninho. Papai ficou reparando o sono das meninas :) enquanto a mulherada ficava feliz fazendo o que gosta :)

À noite fomos no Dragão do Mar. Pena que o planetário não abre à noite. Quando voltamos, fui arrumar as malas, pois já estava na hora de voltar para casa. Fortaleza ficou com gostinho de quero muito mais.

***

Pessoal, vocês acreditam que as meninas não queriam voltar para casa? No dia em que cheguei em casa, viemos em dois carros, então cheguei primeiro com a Mariana e, quando ela viu nosso lar, disse: “eche não”, e não queria entrar dentro do elevador. Eu disse que tinha acabado as férias, tentei convencê-la, mas mesmo assim entrou chorando em casa. Lógico que depois passou, mas imagino como deve ser difícil para elas saírem do lugar em que só passeavam, brincavam o tempo todo, ficavam perto dos parentes queridos, eram super paparicadas por todos. Nós adultos também não queremos que as férias acabem, mas aceitamos.

Nos dias seguintes, ficaram perguntando muito pelos tios/avós o tempo todo, falavam das coisas legais que tinham feito na viagem e dos lugares que tinham ido, e todos também ficavam ligando para saber delas. No final de semana, todos vieram visitar o trio e matar a saudade.

Tenho que agradecer à minha família que me acompanhou nessa viagem, pois sem eles acho que seria bem mais difícil viajar com as trigêmeas. Com eles, a viagem não foi tão cansativa, pois todo mundo ajudava no cuidado com o trio, e assim não ficou pesado para ninguém.

As meninas aproveitaram cada segundo, deram um show de disposição e flexibilidade - eu sei que terei ótimas companheiras de viagens quando elas crescerem - mas fico pensando: será que um dia conseguiremos viajar só eu, marido e o trio?

Foi maravilhoso viajar em família, mas também é muito complicado conciliar tantos gostos, realidades, montar programas que se adaptem a perfis tão distintos.


Dicas que recolhi nas minhas pesquisas que deram muito certo dentro do avião:

1. Levar DVD portátil com o DVD preferido da criança
2. Brinquedo novo e pequeno para dar na hora do sufoco
3. Giz de cera e papel
4. Comida: no caso das meninas, levei sucos, iogurte, o leite e biscoitos, tudo numa bolsa térmica - principalmente se a companhia aérea for igual à que fui, que cobra caríssimo pelos lanches oferecidos dentro do avião.

Para mim, o saldo dessa viagem foi para lá de positivo. Espero que tenham gostado :)


Desirée: 

Em primeiro lugar, preciso dizer que as tuas filhotas são uma coisa muito fofa - fico louca de inveja branca!!! 
Outra coisa: tu viu que bacana que é passar uma data especial viajando (como o dia das mães)?!? Fica ainda mais especial, né?
Quanto à tua pergunta, tenho certeza que ainda vais viajar muito só com as gatinhas e o maridão! 
Eu acho que tu fizestes muito bem de ter essa primeira experiência com a familiarada toda para te ajudar e num lugar que vocês já conheciam, que daí não fica aquela ansiedade para conhecer tudo, e o medo do desconhecido para atrapalhar (é o que eu faria também!). Mas, aos pouquinhos, tenho certeza que vocês vão ganhando mais confiança e alargando cada vez mais os horizontes!
Adorei o teu relato, volte sempre, e muito obrigada!


5 comentários:

  1. Claudia amei poder participar deste blog que tanto curto, adorei seus comentários.

    Realmente passar uma data especial viajando foi maravilhosooooo, está com minhas filhas (vendo elas se divertindo) e com minha família com diz a prograganda da Mastercard não tem preço.

    Tri-beijos Desirée
    astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Primeiro, vamos combinar: as meninas são lindas...e deve ter sido maravilhoso mesmo reunir a família para a viagem, são momentos como esse que fazem as viagens valerem a pena!!!

    ResponderExcluir
  3. Demais!!! Essa família é disposta e divertida. Parabéns Desirée, papai e meninas. Parabéns também ao staff. Beijos, Gisa Hangai.

    ResponderExcluir
  4. Desirée, eu que amei a sua participação aqui! Volte sempre, vamos adorar compartilhar das suas triaventuras!!!
    Beijo, Claudia @pequenoviajante

    ResponderExcluir
  5. Ja peguei as dicas de Fortaleza. Final do ano vamos passar 4 dias lá. Só ñ vamos ao Beach Park com as crianças, mas as outras dicas já estavam no roteiro. Bom saber que vc e as meninas gostaram. ;)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...