2 de maio de 2013

sobre scrapbooks e malinhas de tesouros, porque recordar é viver!

Desde que acabou a licença-maternidade, há bem mais de 3 anos, nunca mais achei tempo para fazer álbuns de fotografias do Felipe. Aliás, o blog tem justamente este propósito.
 
Nunca mais nem imprimi fotografias, nem dele, nem das nossas viagens, a não ser por algumas ampliações que usamos na decoração do aniversário de 3 anos dele, que tinha o tema "o pequeno viajante" (nada criativo, eu sei!):

 
e
 
 
Mas, no último Natal, o Lipe ganhou um scrapbook da dinda Anália lindo demais, que precisava ser inaugurado, e neste dia do trabalho finalmente arregacei as mangas!
 




Quem me conhece sabe que não tenho nenhum talento para as artes (a não ser como grande apreciadora!), e muito menos habilidades manuais (aliás, acho que o único talento nato que eu tenho é para viajar, kkkkkkk...) - mas...o tal scrapbook ficou tão, mas tão bonitinho (modestíssima, eu sei!), que tive que vir aqui compartilhar com vocês...até porque, recordar também é viver, né?!?

Olha só que gracinha:
 
 


 
Assim como fazendo o blog eu me sinto viajando de novo, a cada vez que releio minhas anotações, escolho fotos para postar, escrevo os textos...fazendo o scrapbook eu também viajei de novo, adorei!
 
Espero que sirva de estímulo para quem (como eu) perdeu a graça de fazer álbuns de fotografias nestes tempos de fotos digitais!
 
 



 
PS. Fiz tudo rapidíssimo, com o Lipe atrapalhando ajudando, e posso garantir que qualquer pessoa que tenha 2 neurônios para trabalhos manuais faria uma coisa muitíssimo mais elaborada!
 
  
 





 
Outra coisa que eu vinha pensando em fazer há anos para o Felipe - porque eu gostaria que a desnaturada da minha mãe tivesse feito isso por mim (viu Neusa Elaine?!?) - é uma malinha de tesouros.
 
Claro que eu tenho guardados o umbiguinho dele (ecaaa...), o primeiro bico, recortes de jornais, revistas, os ultrasons, convites dos aniversários, fotos 3X4, os primeiros desenhos, entrada da primeira sessão de cinema, lembrancinhas, enfim, essas tralhas coisas mimosas que acredito que todas as mamães guardem de recordação para os filhos passarem vergonha curtirem quando crescerem (isso, pelo menos, a desnaturada da minha mãe guardou para mim!).
 

 
 
Mas esses itens se prestam mais para um "baú" ou "arca" dos tesouros do que para "malinha" de tesouros...explico: a idéia genial que eu tive, e que obviamente não deve ser inédita, é de pegar uma malinha linda que eu tenho aqui em casa (essa da fotografia aí em cima), e guardar dentro dela todos os cartões de embarque do Felipe que temos espalhados em caixas pela casa, assim como outras recordações especificamente de viagens, como os tickets de trem dele da Ferrovia Transmongoliana, as entradas para a Cidade Proibida e para o Taj Mahal (dentre outras) e outros souvenirs-tesouros do gênero...
 
Entendeu porquê "malinha" de tesouros?
 
Adorei a idéia! Quando a malinha do pequeno viajante ficar pronta (preciso catar tudo que tenho esparramado pela casa!), eu volto para mostrar!
 
 
 
estes "recuerdos" já estão na malinha!
 

 
achei muito simpático este "diploma" de bom passageiro que a TAP deu para o Felipe!
 

 
 
 
Visite a nossa página Felipe, o pequeno viajante no Facebook:
 
 


Você também nos encontra aqui:
 
 
 

4 comentários:

  1. Parabéns, ficou lindo!!!

    Eu comecei um scrap da história da gravidez mas, não consegui terminar, rsrsrsrs.. Adoro montar álbuns, mas acabo me empolgando tanto que leva um tempão para finalizar.

    Eu tinha a (doce) ilusão de que na licença maternidade eu ia finalizar todos os álbuns de viagens pendentes (tem viagem de 2009 que já imprimi as fotos mas não montei o álbum), mas claro que não deu muito tempo.

    Bjs pra vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, te conforta saber que eu tenho fotos impressas da nossa viagem ao Egito, Turquia e Jordânia em 2007 que até hoje não fiz o álbum?!? E isso que, nesta época, o Felipe nem sonhava em existir!

      O problema é que a gente já chega de uma viagem planejando a próxima, daí não dá tempo, kkkkkkkk...menos mal que a desculpa é essa, né?

      Também achei que a licença-maternidade ia render mais, mas na verdade a gente não pára, né? E, com o passar do tempo, ao invés de melhorar, só piora kkkkk, e com o blog ficou menos tempo de sobra ainda!

      bjão, Claudia

      Excluir
  2. Claudia ficou lindo o scrapbook feito por vc, sou que nem vc não tenho muito talento para coisas manuais, eu gosto de fazer fotolivros, para mim e mais fácil rsrsrsr.

    OBS: Adorei o certificado da TAP pelo bom comportamento do Felipe.

    Espero que minhas meninas se comportem no avião também, oremos para que isso se torne uma verdade :)

    Tri-beijos Desirée

    ResponderExcluir
  3. Adoro fotos, fotolivros e scraps, apesar de não ter muito talento para isso, mas acabo revivendo tb, a parte que mais gosto, parece que embarcamos novamente !!
    Adorei a ideia da malinha dos tesouros, por aqui fica espalhado mesmo, quem sabe um dia tb organize td rsrsr...
    bj

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...