19 de abril de 2013

viajar é a nossa terapia - qual é a sua?

Esta foto não é nossa. É uma daquelas que a gente copia e cola da internet, sem saber a autoria (se for sua, é só dizer que a gente dá os devidos créditos, ou retira, se você quiser!).

Mas poderia ser. Temos os mesmos souvenirs que aparecem ali. Mas, principalmente, subscrevemos integralmente o que está escrito:
 
viajar é a minha terapia

E, claro, é também a de milhões de pessoas. Não é novidade para ninguém que viajar cura coração partido, dor de luto e crise existencial.

Há quem diga (veja aqui!) que as pessoas viajam para fugir da própria vida, que "viagem é fuga". Pois, para nós - e para muita gente! - viagem é encontro.

É viajando que somos nós mesmos, que fazemos apenas o que nos dá vontade, que podemos nos vestir como mais gostamos (e até andar mulambentos, se der na telha). 

Só viajando a gente come insetos, se arrisca, dorme em hotel de sal, ganha coragem (e asas), anda de mula (e com os mais inusitados meios de transporte), faz amigos, experimenta coisas novas, que a gente não faria em outras circunstâncias, cria paciência, valoriza o que temos em casa...tudo num dia só!

Se a vida anda pesada, viaje. Se você se formou na faculdade e não tem nem ideia do que fazer amanhã, viaje. Se você se divorciou, viaje. Se você se aposentou, os filhos estão criados e aquela sensação de ninho vazio se instalou, viaje. Se o seu amor lhe deixou, viaje (para bem longe!). Se você perdeu alguém que amava, e está difícil de seguir adiante, viaje.

Nós quase sempre viajamos felizes, mas sabemos muito bem o que uma boa viagem pode fazer por uma alma em crise, cheia de incertezas, tristezas, solidão e dor.

A gente sempre volta renovado de uma viagem, nem que seja só um fim de semana prolongado na praia. Viajar recompõe as energias, abre a cabeça, expulsa preconceitos, alarga horizontes...e você volta mudado.

Viajar é terapia.

Viaje.

só viajando é que você se mete a domador de elefantes (Luang Prabang, no Laos)...

...ou de tigres (Kanchanaburri, Tailândia)!!

ou comemora o aniversário de 2 anos do seu filho comendo caviar num trem rumo à Mongólia...
 
viajando, você caminha sem destino (Suzdal, interior da Rússia)...

viajando, você rola pelas dunas no deserto (Siwa Oásis, oeste do Egito)...

viajando, você dança no deserto de sal (Salar de Uyuni, sul da Bolívia)...



Viajar é a nossa terapia - qual é a sua? Conta aí!

Assista todos os minifilmes das nossas aventuras no Facebook (aqui). Os filminhos maiores você assiste no YouTube (aqui) - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

Veja mais fotografias das nossas viagens "terapêuticas" no Instagram @claudiarodriguespegoraro. 

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui

Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Você também nos encontra aqui:



6 comentários:

  1. Gostei muito do texto e é a mais pura verdade. Viajar é fugir da realidade por alguns dias, né?
    Eu e meu marido também temos adiado a chegada do primeiro herdeiro por este motivo... Bom saber que não "dificulta" ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiza, dificulta um pouquinho, mas fica tão mais gostoso que tu nem imaginas...dá-lhe ficha aí, queremos mais pequenos viajantes neste mundo!!!

      Excluir
  2. Amei o texto, Claudia!
    To arrepiada até agora.
    Já li 3 vezes e me emocionei em cada vez que passei os olhos nesse texto.
    Parabéns!
    Você conseguiu colocar em palavras tudo que sinto e que nunca consegui expressar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. ai Fabíola que feliz que fiquei de ler teu comentário, que legal, muito obrigada pelo retorno! São essas coisas que fazem tudo valer a pena! ganhei o dia...bjos

    ResponderExcluir
  4. Claudia, voce no elefante! No pelo! Incrivel!
    Voces sao uns amores.
    Conheci seu blog pelos post da transiberiana...
    Um dia tambem chegara minha vez :)))
    Lilian Lopes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian!
      Recém vi esse teu comentário aqui...às vezes acabo não vendo um ou outro comentário :-(
      Eu monto cavalos desde pequeninha, o elefante foi só um upgrade heheeheheheh
      Chega sim, é só se organizar!
      Bjo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...