20 de março de 2012

as famosas "matrioshkas" russas (adivinhação)

matrioshkas à venda em mercado de São Petesburgo,
atrás da Igreja do Salvador do Sangue Derramado

A nossa última adivinhação foi de onde são estas bonequinhas?


A Wikipédia é quem explica: a matrioshka, boneca russa, é um brinquedo tradicional da Rússia, constituída por uma série de bonecas, feitas de diversos materiais, que são colocadas umas dentro das outras, da maior (exterior) até a menor (a única que não é oca). O número de figuras que se conseguem encaixar é, geralmente de 6 ou 7, ainda que existam algumas com um número impressionante de peças. A sua forma é simples, mais ou menos cilíndrica e arredondada e mais estreita na parte superior, onde se situa a cabeça da boneca. Não têm mãos (a não ser as que são pintadas na(s) sua(s) superfície(s)). O grau de sofisticação das matrioshkas reside, de fato, na complexidade dos motivos pintados. Outra característica que diferencia as diversas peças são as figuras que encarnam: desde figuras femininas vestidas com trajes tradicionais campesinos, a personagens de contos de fadas, até os antigos líderes da União Soviética.

PS1. Onde comprar: como nós íamos atravessar quase toda a Rússia, pela Ferrovia Transiberiana, em mais de 20 dias, não tínhamos pressa de comprar as nossas matrioshkas. Então, resolvemos deixar para comprá-las lá em Ulan Ude, quase na fronteira com a Mongólia, que assim teríamos que carregá-las nas mochilas por menos tempo, com menos risco de quebrá-las. Que baita equívoco: ninguém nos avisou como seria difícil encontrá-las pelo interior da Rússia (pelo menos nas quantidades, variedades e preços que você encontra em São Petesburgo ou em Moscou, que são as grandes cidades turísticas da Rússia, e elas estão por todas as esquinas)...

Pois deixamos para comprar depois e nos ralamos: compramos apenas uma daquelas simplesinhas, de camponesinhas, e as que eu realmente queria, as maiores, com a carinha da Hello Kitty, do Superman e do Gorbachev, nunca mais encontramos!!



Então, a dica é: logo que você encontrar a sua matrioshka, seja no início ou no final da sua viagem, compre-a, não deixe para depois, sob pena de nunca mais encontrar outra igual!!!

PS2. Quem acertou: o nosso único acertador foi o Guilherme R., que gritou "Rússia!"



2 comentários:

  1. Olá, Cláudia, tudo bem?

    Meu nome é Laís. Descobri o blog de vocês faz pouco tempo e gostei muito. Sempre dou uma passadinha por aqui. Eu também adoooro viajar e acho que poder conhecer o mundo desde pequenininho é uma experiência incrível para a vida do seu filhote. :)

    Eu estou te escrevendo pq eu moro aqui na Rússia, em Moscou. E fiquei com muita pena de que vocês não conseguiram comprar as matrioshkas. Aqui em Moscou tem em todo o canto, de todo o jeito que você imaginar. Se você realmente quiser, eu posso mandar para vocês por correio. Seria um prazer!

    ResponderExcluir
  2. oi Laís! que bom que tu estás nos acompanhando! assim, se eu disser alguma bobagem sobre a Rússia tu pode me desmentir, viu?!?! heheheh...e tu estás gostando de morar em Moscou? é uma cidade enorme, monumental, né? atravessar uma rua é uma função heheeh...a gente viu as matrioshkas aí em Moscou por tudo e pensamos que seria assim no resto do país - não sei se tu já andou pelo interior, mas depois não encontramos em lugar nenhum! muito obrigada pelo oferecimento, muito legal da tua parte! aproveita bastante essa experiência e aproveita a primavera que está chegando aí! bjooo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...