7 de julho de 2011

one mistake, game over!

Esse "pensamento do dia" eu vi na traseira de um ônibus, em Agra, e caiu como uma luva, já que, com o Lipe, é assim que a gente se sente, cada dia, a cada minuto: que um mínimo descuido, e termina tudo! É um piscar de olhos e o guri se atira de algum lugar, ou um riquixá passa por cima dele, ou o pequeno viajante se perde no meio da multidão indiana ou chinesa. 

Claro que cuidar de uma criança (ainda mais de uma fera como ele) dá trabalho em qualquer lugar, mas ninguém duvida que viajando tudo é mais complicado e perigoso. Não nego que é exaustivo, e que 2 ou 3 vezes já pensamos em voltar pro conforto da nossa casinha, pra ajuda da Gil...mas e o formigamento, a gente faz o quê?

Aquele formigamento que dá só de imaginar os quase 3 meses de viagem que a gente ainda tem pela frente, de descobertas, de alegrias, de excitação de chegar numa cidade nova, trocar dinheiro, achar um hotel, pegar um mapa e sair por aí...não, melhor ficar com um olho no Taj e outro no Lipe que não ver o Taj de um todo!!! Ah, e comprar uns DVDs novos, que ninguém mais aguenta Madagascar e Backyardigans... 

o pequeno viajante alucinado, no Forte de Agra, em Uttar Pradesh, Índia


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...