27 de dezembro de 2010

roteiro de uma semana e dicas - Fernando de Noronha - PE

Nesse post você vai encontrar o nosso roteiro de viagem de uma semana para Fernando de Noronha, Pernambuco e, ao final, uma compilação de 18 dicas nossas para você aproveitar melhor a sua viagem para lá.

Na foto ao lado, o Lipe, com 1 aninho, ajudando no nosso check-in no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre.

Ele adorou a viagem!

Leia todos os posts sobre a nossa viagem a Noronha clicando aqui (tem vários!).

bye bye Porto Alegre

1˚ dia – Natal, Rio Grande do Norte – Morro do Careca

Vôo para Noronha

Alugamos buggy: Buraco da Raquel, Enseada da Caieira, Porto Santo Antônio, Centro Histórico (Igreja Nossa Senhora dos Remédios), Vila dos Remédios (Palácio São Miguel), Praia do Cachorro (árvore), Forte do Boldró (pôr do sol)

Banho de piscina na pousada

Janta: Restaurante Acqua Marine/Dolphin Hotel – BR 363, Boldró (Caldeirada Noronhense à Moda da Gal – R$ 75,00 para 2 pessoas)

Morro do Careca, em Natal - RN



no Buraco da Raquel


Enseada da Caieira

nosso buggy

Igreja Nossa Senhora dos Remédios

descida para a Praia do Cachorro

pôr do sol no Forte do Boldró


2˚ dia – (de buggy) Baía do Sueste (snorkeling com tartarugas marinhas)

Ponta das Caracas (chuva!)

Praia do Leão

Baía do Sancho (praia/snorkeling)

Projeto Tamar

Janta: Restaurante da Pousada Maravilha – BR 363, Sueste (Peixe da Ilha com Feijão de Coco – R$ 42,00 o prato)

Praia do Leão 




o ninho das tartarugas

Baía do Sancho

3˚ dia – (de buggy) 5h30min – Mirante dos Golfinhos

9h – Trilha Praia da Atalaia (snorkeling)

Almoço: Delícias da Ná (buffet por quilo, R$ 30,00 o quilo) – Rua Dom Juquinha, 03, Vila do Trinta

Praia da Cacimba do Padre

Baía dos Porcos, Ilhas Dois Irmãos (tentativa frustrada pela maré alta)

Morro do Pico

Janta: Restaurante Flamboyant – Parque dos Flamboyants, 01 (Moqueca Sinfônica com acompanhamentos – em torno de R$ 100,00, dá para 3 pessoas)


fazendo trilha ao amanhecer


Morro do Pico (nem precisava dizer, né?!)
4˚ dia – Passeio de barco com o Pirata (golfinhos e banho na Baía do Sancho/snorkeling)

Almoço: Restaurante do Jacaré (buffet por quilo)

Praia do Cachorro (piscina natural)

Banho de piscina na pousada

Forte do Boldró (pôr do sol)

Vila dos Remédios (compras)

Janta: Restaurante Flamboyant (de novo a maravilhosa Moqueca Sinfônica, com outros acompanhamentos) 


passeio de barco

nosso amigo Pirata

o pequeno viajante nadando em alto mar, na Baía do Sancho 



a caminho das piscininhas naturais da Praia do Cachorro

5˚ dia – Trilha e praia na Baía dos Porcos (piscina natural)

Praia da Cacimba do Padre

Almoço: peixe na folha de bananeira com acompanhamentos no restaurante da praia (o peixe de R$ 60,00 dá para 3 pessoas)

Trilha da Baía dos Porcos (por cima)

Forte do Boldró (pôr do sol)

Janta: Restaurante Xica da Silva – Alameda das Acácias, 11, Floresta Nova


uma sombra improvisada na Baía dos Porcos

é bom ter sempre uma canga à mão para "armar uma barraquinha" assim, porque gravetinhos se encontra em qualquer lugar

Praia da Cacimba do Padre

Ilhas Dois Irmãos 

aprendendo a pescar

peixe na folha de bananeira


trilha de cima da Baía dos Porcos

os Dois Irmãos


6˚ dia – Praia do Porto Santo Antônio (tubarão!!!)

Compras na Feira do Porto

Vôo de volta (por Recife – PE)

Dicas

1. o aluguel de buggy (imprescindível) custa R$ 90,00 a diária, e com 8 litros de combustível por dia dá para andar pela ilha toda o dia inteiro, até porque a BR 363, que atravessa toda a ilha, tem só 7Km, e é uma das menores do Brasil;

2. nosso restaurante preferido foi o Flamboyant, sempre lotado – a tal Moqueca Sinfônica é uma delícia e dá para comer todos os dias, variando os 3 acompanhamentos – ótima relação custo-benefício;

3. alugar snorkel e máscara (escolher bem): quem vai a Noronha e não vê o fundo do mar não viu Noronha;

4. ir ver as tartarugas marinhas na Baía do Sueste, é um passeio imperdível, pois é quase impossível não ver dezenas de imensas tartarugas marinhas em um simples mergulho com snorkel, muito fácil;

5. o valor da taxa de preservação ambiental (TPA) pode ser pago pela internet, que daí não precisa enfrentar fila na chegada (para 05 dias nós pagamos R$ 187,37 por pessoa – o pequeno viajante não pagou nada);

6. se você precisar de um táxi, é só ligar para a Merces que ela vem te encontrar num Fiat Uno com ar-condicionado (tel. 81-36191624/99851135/85145559);

7. o passeio de barco é imperdível também, para ver dezenas de golfinhos pulando na volta do barco, e tem que levar snorkel e máscara para nadar na Praia do Sancho, onde eles fazem uma parada para mergulho (custa R$ 75,00 por pessoa);

8. sobre máquinas fotográficas para mergulhar, recomendo o saco de plástico que existe para vender, aquele que você coloca a sua própria máquina snapshot dentro, presa numa base por um parafuso (nós compramos o nosso em uma lojinha na sala de embarque do aeroporto de Natal – RN, e pagamos R$ 60,00, mas deve ser bem mais barato pela internet) – para nós funcionou perfeitamente, as fotos ficaram boas e não caiu um único pinguinho d`água na máquina;

9. tenha em mãos, na chegada na ilha, o nome do seu receptivo (que vai fazer o seu traslado até o hotel, o nosso era o Blue Marlin) – ele é obrigatório e deve ser informado no momento do pagamento da TPA;

10. o cartão de crédito VISA é aceito em quase todos os restaurantes e mercados; na pousada não aceitavam cartão mas aceitaram meu cheque do Rio Grande do Sul, sem problemas;

11. uma das melhores dicas que eu posso dar é a pousada em que nos hospedamos, a Pousada Bela Vista: superbem localizada na BR 363 (na Floresta Velha, na frente do Restaurante Xica da Silva e a uma quadra de distância do Parque dos Flamboyants – Restaurante Flamboyant, e da Vila dos Remédios), com piscina e chuveiro na rua, todos os quartos dão para varandas com redes, e todos têm banheiro, frigobar e televisão, é superlimpa e o café da manhã é ótimo, assim como o preço (R$ 130,00 por pessoa), sem falar no ar-condicionado, delicioso;



o Lipe curtindo uma rede na varanda da Pousada Bela Vista

12. logo na chegada, ainda no aeroporto, entregam a você um mapinha da ilha, com os pontos de interesse, e também uma sacolinha de lixo, para você não esquecer o seu lixo na praia;

13. outros passeios bem legais são o incrível pôr do sol no Forte do Boldró, as palestras no Projeto Tamar, a piscininha natural na Praia do Cachorro e a piscinona natural na Praia da Atalaia;

14. recomendamos comprar coisinhas para comer e bebidas (cervejas, refrigerantes, água mineral) nos mercados existentes na ilha, que são um pouco mais acessíveis, pois tudo lá é muito caro (lembre-se que tudo chega a Noronha de avião ou de navio) - e levar tudo numa geleirinha daquelas de plástico para a praia;

15. para se chegar na Baía do Sancho tem que fazer primeiro uma trilha, depois descer 2 escadinhas colocadas precariamente numa fenda num paredão de pedra e ainda vencer mais uma escadaria no final, mas vale a pena, pois é a praia mais bonita do Brasil e está entre as 10 mais bonitas do mundo;

16. uma das vistas mais lindas de Noronha é a que se tem do Mirante da Trilha da Baía dos Porcos, vale a caminhada;

17. não esqueça de comer o açaí com granola da ilha, maravilhosa fonte de energia para todas as trilhas e caminhadas; e

18. USE FILTRO SOLAR.

Leia mais aqui: Fernando de Noronha.

17 comentários:

  1. Muito legal. Sempre tivemos vontade de viajar, mas adiávamos por causa das crianças. É legal ver que não precisamos mais... Valeu!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é isso aí, Clélia! com as crianças é muito mais divertido, e não dá pra deixar pra viver amanhã, né?!

      Excluir
    2. Oi Claudia,

      Já comprei as passagens e reservei a Pousada para Setembro/2012 em Fernando de noronha, mas... vou com esposa e filha de 15 anos e tbm tenho um garotinho que vai estar com 1 ano e 8 meses na data citada, estou com muito receio de levar ele, pois o local é bem isolado e segundo informações o Hospital de lá só faz curativos e os medicos consultam o Dr Google nas consultas, tbm tem os acessos as praias que são bem dificeis (tipo escada na Baia do sancho) como descer com uma criança ?
      Estou pensando em deixa-lo com a tia, mas caso não consiga, vou ter que levá-lo, tenho receio de ficarmos muito limitados em função disso.
      Se puder me ajudar agradeço.
      Gd Abraço!

      Luiz Paulo

      Excluir
    3. Luiz Paulo, não deixa o pequeno em casa, não! Leva ele, vcs vão ver que criança limita um pouquinho mas compensa o esforço! Dá uma olhada no videoclipe da nossa viagem para Noronha com o pequeno viajante (é só procurar ali em "videoclipes das nossas viagens" e clicar em cima que vai abrir o filminho no You Tube), e ali tu vais ver direitinho como carregar o bebê até a praia do Sancho - o Felipe adorou a aventura! Dá uma olhada também nos posts de dezembro de 2010 - ali tem várias postagens sobre Noronha, e bastante dicas relativas às crianças...também tem um outro post, sobre aventuras radicais com crianças, de dezembro de 2011, que talvez te inspire, heheheeh...

      Excluir
  2. valeu Claudia,

    Já estou vasculhando tudo e realmente tem me encorajado a levar ele.
    Ele tbm é bem pesadinho/fortinho tipo Felipe, estava planejando descer ele na escada de rapel com uma corda he he he, ai vi no video clip que o Marlon levou ele no braço ai ficou mais facil, relmente tem dicas especiais.
    Obrigado pelas dicas,
    Gd abraço

    Luiz Paulo

    ResponderExcluir
  3. Amigo!!
    Gostei muito das suas fotos,
    moro na França, em Paris mas amo o Brasil !!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Muito legal o post. Eu e minha esposa vamos levar a pequena de 2 anos em abril. Vamos aproveitar suas ótimas dicas.

    ResponderExcluir
  5. E o Felipe sempre esbanjando simpatia e distribuindo sorrisos ! Lindo demais !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Renata! no video de Noronha ele estava super feliz mesmo!

      Excluir
  6. Boa tarde Claudia, acompanho sempre seu blog e também pelo grupo Viagens em Família. Adorei o seu post de Noronha e estou vendo passagens para fevereiro do ano que vem (2015) queria saber se vc acha que é muito complicado ir com criança de 3 anos? Sempre que viajo ele vai comigo, mas o carrinho é meu grande aliado e imagino que em Noronha isso seja impossível. Quanto tempo o Felipe tinha quando vcs foram pra lá? Desde já, Obrigada! Alessandra Andreoli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandra, o Lipe era bem menor, tinha 1 ano e meio, e foi bem tranquilo. Não levamos o carrinho, pelo que eu lembro. Não tem quase nenhuma utilidade lá, a não ser pro caso de a criança dormir num restaurante :)

      Não é complicado levar criança para lá, a única coisa ruim é que tem alguns passeios que não dá pra fazer com ele, como as trilhas dos golfinhos, do Atalaia e o mergulho com as tartarugas...para fazer esses passeios o Lipe ficou com a minha mãe...mas o resto ele fez tudo conosco! Se vocês forem sozinhos com o pequeno, o jeito é se revezar...tu viu os outros posts que eu escrevi sobre a nossa viagem à Noronha?

      Excluir
    2. esses passeios sao imperdiveis Claudia? Pq vamos sozinhos e não teria onde deixar nossa pequena
      JUliana

      Excluir
    3. Juliana,
      Noronha é tão linda e cheia de atividades que vocês vão encontrar 1000 coisas para fazer com a pequena, e o que não der para fazer desta vez fica para a próxima, desencana! Se vocês quiserem muito fazer algo que ela não possa fazer, revezem!

      Depois de Noronha, o resto das praias do nordeste vão parecer meio lixosas, e vocês certamente vão querer voltar lá!
      Bjokas

      Excluir
  7. Oi Claudia, bom dia ! Amei seu post. Tenho um Lipe tb, o João Felipe de 11 anos. Temos tb o Thiago que já começou a se aventurar em nossas viagens. Com 7 meses foi pra Gramado/Canela e estamos pensando em Noronha em outubro. Ele estará com 1 ano e 4 meses e vc me encorajou !!!! Irei comemorar meu niver de 40 com a família ! Vc levou cadeirinha de carro ou o Lipe andava no colo? Como são as exigências na ilha no bugg por exemplo?

    Um bj na família, continuamos a curtir no grupo Viagens em família...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom que te encorajei! Viu o vídeo? Dá pra ir até no Sancho kkkk...
      Pelo que lembro nesta viagem o Lipe andava sentadinho no banco de trás do buggy com o próprio cinto do buggy, que é daqueles só de colo, sabe? Não levamos a cadeirinha e não fez falta, pois ninguém fiscalizou e lá o trânsito é muito tranquilo, a rodovia tem apenas 7Km :)
      Acho que, como em qquer lugar, o uso das cadeirinhas é obrigatório por lei, mas realmente não lembro de ter levado desta vez, e num buggy fica complicado.
      Beijo, e feliz 40!

      Excluir
  8. Oi Claudia, não fui em 2016, mas agora vai ! Desembarcamos em Noronha em abril. Vou registrar nossa aventura com mt carinho e pensando nas mamães com pequenos. Depois te conto tudo, caso queira publicar. Bjs !

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...