8 de dezembro de 2014

Zagreb - roteiro de 2 dias na linda (e divertida!) capital da Croácia

Estivemos em Zagreb, capital da Croácia, em maio de 2014, durante a nossa longa viagem pelos Bálcãs, e adoramos a cidade, que nos surpreendeu positivamente. 

Ficamos 2 dias inteiros lá, e deu tempo de ver tudo o que queríamos. 

Num post anterior, contei sobre o albergue onde nos hospedamos, super bom: 



Também já postei aqui o vídeo com os nossos melhores momentos na capital croata:
Agora chegou a hora de contar a vocês (e mostrar, com muiiiitas fotos!) tudo o que vimos por lá, com as nossas dicas para você montar um roteirinho perfeito na cidade! 

Vamos lá?

Orientação 

A cidade de Zagreb se divide em Novi Zagreb e a Cidade Velha

Em Novi Zagreb, a parte nova da cidade, 2 lugares, em especial, merecem a sua visita:

Zagreb Arena - Estádio moderníssimo que se tornou o último grande símbolo arquitetônico da cidade. 

Veja aqui como chegar lá! 


Museu de Arte Contemporânea - Fica na Avenija Dubrovnik, nº 17, localizado num prédio ícone da cidade nova, desenhado pelo arquiteto-estrela local Igor Franic.


O Centro Histórico, por sua vez, é o miolo da cidade, e também se divide em 2 partes: Gornji Grad (a cidade alta, ao norte) e Donji Grad (a cidade baixa, ao sul). 

A rua que atravessa a cidade de leste a oeste, dividindo-a em norte e sul, é a famosa Ilica



Curiosidade

Você sabia que Zagreb se tornou capital do país somente em 1991, mesmo ano em que a Croácia se tornou um país independente?

Um pouquinho de história não faz mal a ninguém, né?!?

Walking tour

No primeiro dia, ficamos só na Upper Town (cidade alta), que é a parte mais antiga da cidade, onde ficam os principais pontos turísticos, acima da Ilica

No segundo dia, passeamos por todos os cartões postais de Lower Town (cidade baixa) e voltamos à Gornji Grad, pois estávamos apaixonados pelo bairro antigo. 

Abaixo, vou detalhar um pouco os nossos roteiros nos 2 dias, para ajudá-lo a fazer um walking tour (passeio a pé) pela cidade inteira, como nós fizemos!

Dia 1

Começamos o dia almoçando, pois saímos tarde do albergue e já estávamos mortos de fome.

Restaurante tradicional

Como estávamos hospedados no The Brit Hostel, que fica na rua Kaciceva, a poucos passos da Ilica (super bem localizado!), fomos andando até a Tomiceva, nº 4, onde fica o Restaurante Vallis Aurea, que era recomendado pelo nosso guia Lonely Planet


É um restaurante de comida caseira tradicional croata - tudo o que nós queríamos! - com preço bom e localizado bem no "pé" do famoso funicular da cidade! 

Que mais podíamos pedir??? 

Pontos turísticos

Depois do almoço, subimos a ferrovia funicular, construída em 1888 para conectar a cidade baixa com a cidade alta. 



Já lá em cima, passeamos pelo calçadão bonitinho Strossmayerovo Setaliste, com muito verde e lojinhas de souvenir, e fomos visitar a torre panorâmica, no nº 9, chamada pelo impronunciável nome "Lotrscak". 




Recomendo MUITO subir na Torre Lotrscak

É barato (10 kunas) e, do alto desta torre medieval, se tem vistas de 360º da cidade ao redor. 

Além disso, só de lá você terá esta vista de cartão postal da foto abaixo!


Depois de passar pela Katarinin trg, onde fica a bonita igrejinha branca, seguimos então para o Museu dos Relacionamentos Terminados, que eu amei de paixão! 



É um lugar onde você precisa ficar pelo menos umas 2 horas, porque a graça é justamente ler com calma todas as histórias - tristes, emocionantes, inspiradoras, trágicas e apaixonadas - que você vai encontrar por lá! 

Recomendo levar um lenço ;)

Não é um lugar que agrade as crianças, mas o Peg e o Lipe adoraram o café do museu, onde eles tinham papel e lápis de cor - o Felipe ficou muito empolgado de ter um desenho dele pendurado em um museu!!!


No Museum of Broken Relationships eles também têm uma lojinha com souvenirs bem bacaninhas - não deixe de dar uma passadinha lá no final da sua visita!

Endereço: Cirilometodska, nº 2
Ingresso: 25 kunas
Horário: 9am - 9pm







Esgotada de tantas emoções no museu, seguimos até a Igreja de São Marcos, que é o cartão postal definitivo da cidade, com aquele telhado de azulejos coloridos estilo "colcha de retalhos" (apelido carinhosamente atribuído pelo Peg!).

Essa igreja gótica, um dos prédios mais emblemáticos do país, fica na Trg Svetog Marka, nº 5, e funciona das 7:30am - 6:30pm.  




Dezenas de fotografias depois, continuamos caminhando pela Kamenita até o Stone Gate - portão de pedra que, no período medieval, era a entrada leste para Gradec Town, e que hoje é um santuário. 

A lenda conta que um incêndio destruiu todo o portão de madeira em 1731, com a única exceção da pintura da Virgem e o Menino!


Foi por ali também que vimos outro símbolo da cidade: a estátua do cavaleiro com o dragão! (fica localizada logo que você atravessa o Stone Gate)


Continuando com o nosso walking tour, descemos a rua Radiceva, dobramos na Krvavi most e chegamos nas ruas Tkalciceva e Skalinska, que entraram de imediato para o rol das minhas ruas preferidas no mundo inteiro!!!!!!!!!!!

Cultura dos cafés

Não sei se eu já comentei em outros posts, mas uma das coisas que mais nos impressionou nesta viagem pelos países da ex-Ioguslávia foi justamente essa cultura de cafés que eles têm. 

Estávamos em maio/junho, fim do inverno, primeiros dias de sol, e as pessoas pareciam todas enlouquecidas para estar na rua, passando dias inteiros nos cafés espalhados pelas calçadas, todos apinhados de gente de todas as idades e estilos. 

Já viajei por muitos países europeus, e sei que você vai dizer que viu muita gente assim nos cafés de Paris, ou nos biergartens de Munique também - mas eu lhe garanto: não há nada igual ao que se vê na Sérvia, Kosovo, Bósnia, Eslovênia ou Croácia! Nada igual!







Festival de arte na rua

Também tivemos a sorte de visitar a capital justamente durante a realização do festival de verão da cidade: Cest is d best Zagreb.  

É um international street festival que, em 2014, aconteceu no período de 5 a 11 de junho, bem quando estávamos na cidade, e claro que esse festival contribuiu para termos nos apaixonado por Zagreb! Cidade linda, alegre, divertida, apinhada de gente bonita nas ruas, muita música, animação e céu azul!

Então, além de toda a natural cultura dos Bálcãs de aproveitar os dias bonitos de primavera ao ar livre (depois do longo e frio inverno), sentados nos cafés, ainda se somava o frenesi do festival de arte de rua, deixando a cidade agitadíssima.  







Voltando ao nosso tour a pé, depois de um passeio pela rua Tkalciceva, onde há um pequeno playground que o Lipe adorou, subimos a rua Skalinska (nossas duas preferidas na cidade alta!), e chegamos à praça onde é realizado o Dolac Market, mercado de rua mais tradicional da capital croata. 


o playground que o Lipe curtiu na rua Tkalciceva

Como o mercado é das 7am - 2pm (recomendamos que você vá na primeira hora da manhã), a feira já havia terminado quando chegamos lá, e decidimos voltar no dia seguinte. 

Continuamos então até a Praça Kaptol, onde fica a Catedral da Assunção da Abençoada Virgem Maria, a lindíssima catedral de Zagreb. 

Não tem nenhum perigo de você não encontrar as altíssimas torres gêmeas neogóticas desta catedral de 1899.






O entardecer estava chegando e, com isso, era hora de nos dirigirmos, finalmente, ao principal ponto de encontro de Zagreb, o miolo geográfico e centro nervoso da cidade, a Trg Bana Jelacica

A famosa praça principal Trg Josipa Jelacica era palco, naquele dia, de inúmeras apresentações de rua do festival que eu mencionei acima, e nos divertimos muito, mas imagino que uma visita a esta praça valha a pena em qualquer época do ano - eu a achei linda, principalmente quando vista do alto do Zagreb Eye, onde fomos no dia seguinte, e eu explico a seguir. 

No meio da praça, fica a estátua equestre de Jelacic, o grande herói nacional do século 19. 



Dicas do pequeno viajante

A maioria destas ruazinhas que eu citei acima são de pedestres, totalmente fechadas para o trânsito, o que torna muito agradável o passeio, e também muito tranquilo andar com crianças, ainda mais se você tiver um carrinho!


A única rua onde vale se preocupar com o trânsito é na própria Ilica, avenida principal da cidade, por onde passam sem parar todos os trams azuis do mundo!


Restaurante tailandês

Já havia anoitecido,  estávamos mortos de fome, então decidimos voltar à rua Skalinska para jantar num restaurante tailandês que eu havia visto quando passamos lá mais cedo, o 45k - recomendo muito!!!! Parecia que eu estava em Bangkok! 

Gostamos tanto que voltamos no dia seguinte :)


Dia 2

Café da manhã

No nosso segundo dia em Zagreb, fomos tomar um café da manhã maravilhoso no Kava Tava, café gostosíssimo que fica no flea market (feira de pulga) de Britanski Trg, como eu já contei aqui.








Zagreb card

De barriga cheia, satisfeitos, seguimos de tram até a praça principal, Trg Josipa Jelacica, pois precisávamos poupar as pernas para o longo tour a pé que tínhamos pela frente neste dia!

Usamos o Zagreb Card, que fornece viagens gratuitas em todos os meios de transporte públicos na cidade (inclusive trams e o funicular), além de meia entrada em museus e galerias, e bons descontos em bares, restaurantes e aluguel de carro.



Pontos turísticos

Nossa primeira parada, poucos metros ao norte da Praça Jelacica, foi no famoso e colorido Mercado Dolac, uma feira que vende de tudo, de souvenirs a frutas, desde a década de 30.

A principal parte do mercado fica na área mais elevada, mas a parte mais fotogênica, é claro, são as bancas de flores :)








A gente sempre gosta de ir a torres panorâmicas ao entardecer, quando se pode desfrutar tanto da vista diurna quanto da visão noturna do lugar.

No caso da Zagreb Eye, haviam nos informado que, se conservássemos o ticket de entrada, poderíamos voltar à noite sem problemas, então resolvemos subir logo, para matar a curiosidade, e a paisagem realmente não decepcionou!

É um prédio com um terraço panorâmico de 360º no seu topo, localizado na própria Praça Jelacica, com um ótimo bar, wifi grátis e espaço kids!

Nem preciso dizer como foi bom encontrar lá aqueles brinquedos diferentes para o Lipe se distrair em final de viagem, né???

Pudemos aproveitar as vistas, tirar muitas fotografias e relaxar, enquanto a simpaticíssima atendente olhava o Felipe para nós no espaço para crianças :) #aprovado

Endereço: Ilica, nº 1a
Ingresso: 20 kunas
Horário: 10am - 11pm






De lá, começamos o nosso walking tour do dia, pela cidade baixa, Donji Grad, ao sul da avenida Ilica

Descemos a rua Gajeva, depois pegamos a Bogoviceva e fomos até a animada (praça) Trg Petra Preradovica, todas elas apenas para pedestres e cheias de cafés espalhados pelas calçadas, apinhados de gente bonita se divertindo!


Continuamos descendo e pegamos a Masarykova, até a (praça) Trg Marsala Tita, onde fica o incrível prédio do Teatro Nacional da Croácia



Existem pelo menos 5 grandes museus nesta parte da cidade, um em cada quadra, mas o dia estava tão bonito que, mesmo com todo o calor que fazia, achamos que seria uma maldade nos enfiarmos em mais um museu com o Lipe :( 

Se você gosta de museus, vale a pena se informar!





Fomos apenas até a Rooseveltov Trg, onde fica o imenso Museum Mimara de arte, no nº 5, num lindíssimo palácio neo Renascentista, e de lá descemos até o prédio do Arquivo Nacional, também muito bonito. 

Depois pegamos a rua Mihanoviceva, passando pelo Jardim Botânico, até chegarmos à Starcevicev Trg, praça que fica na frente da Estação Ferroviária de Zagreb, localizada num prédio super bonito. 

entrada do Jardim Botânico, de 1890


Ali começa o maior parque da cidade, um oásis de verde, chamado Strossmayerov Trg, que se estende desde a estação de trens até, praticamente, a praça central da cidade, a Jelacica

Nós realmente não estávamos com espírito para museus naquele dia, mas se você tiver interesse em arte, neste parque ficam 3 galerias supostamente excelentes:

Art Pavilion
Strossmayer Gallery of Old Masters
Gallery of Modern Art    


O Art Pavilion fica neste prédio art nouveau de 1897 e apresenta exibições de arte contemporânea. 


Passamos grande parte do dia neste parque; atazanando os pombos, passeando, aproveitando o dia, curtindo as atrações do festival de rua, brincando em praças...o Felipe adorou!





Informações turísticas

Também ficam ao redor deste parque o Plitvice National Park office (Trg Kralja Tomislava, nº 19) e o Tourist office annex, ambos escritórios de informações turísticas. 

No segundo, que fica na estação de trens, é vendido o Zagreb Card, que nos foi fornecido como cortesia pelo Escritório Municipal de Turismo (Zagreb Tourist Board), a quem agradecemos pela gentileza!

Outros pontos de informações turísticas você encontra no aeroporto e na Praça Jelacica, nº 11, sendo que, em ambos, você encontra mapas gratuitos da cidade e muita informação! 

Além disso, vale acrescentar que a cidade toda é super bem sinalizada, tri fácil de se orientar!


Compras

Voltamos para a Praça Jelacica, bem cansados da caminhada no sol e, depois de comer pizzas compradas em uma padaria na praça, assistindo shows de jazz do festival (os melhores!!!), fomos comprar um presente para o nosso querido pequeno viajante que, até então, não havia ganhado o seu presente de aniversário, comemorado dias antes, quando estávamos entre a Macedônia e o Kosovo

Além de tudo, o Felipe se comportou super bem durante toda a viagem, foi o melhor companheiro de aventuras que poderíamos ter, e estava merecendo um presentão. 

Na própria Praça Jelacica fica a imensa loja de departamentos Müller, que pode até não ser a mais barata (certamente não é!), mas eu a elegi como a melhor loja para compras na Croácia, pela localização, super conveniente, na principal praça da capital do país, e por ter de tudo lá dentro, super prática! 

A seção de brinquedos, por exemplo, foi imediatamente eleita pelo Felipe como o "lugar mais legal do mundo"! kkkkkk...eles tinham tudo o que você imagina de Lego, Playmobil, Barbie, Imaginext e demais brinquedos "da moda", a preços bem razoáveis, se comparados aos preços praticados no Brasil :(

É, por incrível que pareça, é melhor comprar brinquedo em euro do que em real...




Fim de viagem...

Encerrada a sessão shopping, voltamos ao Zagreb Eye, pois já havia anoitecido e queríamos ver a cidade lá de cima novamente, toda iluminada! 

Como eu disse, apresentamos os tickets que havíamos adquirido mais cedo e subimos novamente, sem problemas, para mais vistas panorâmicas de tirar o fôlego!



A essas alturas, já estávamos exaustos, mas "pre-ci-sá-va-mos" comer de novo aquela comida tailandesa deliciosa da noite anterior, e voltamos até a rua Skalinska para um phad thai de comer de joelhos no Restaurante 45kSawadee ka!

Terminada a janta, voltamos correndo para o albergue The Brit Hostel, pois ainda precisávamos arrumar todas as nossas mochilas para voar no dia seguinte - é, a nossa longa viagem pelos Bálcãs havia acabado :(

Aliás, recomendo ir de táxi para o aeroporto, se você estiver em um grupo de 2 ou 3 pessoas! Não lembro exatamente quanto pagamos pelo táxi até o aeroporto, mas me recordo que achamos o preço bem razoável (menos do que teríamos pago se fizéssemos o mesmo trajeto de 16Km no Brasil!). E isso para não falar no conforto se você estiver com bastante bagagem. 

A viagem leva uns 25 minutos, se não for na hora do rush

Uma outra opção mais barata, se você estiver sozinho, é pegar no Aeroporto "Pleso" o ônibus da Croatia Airlines, que vai direto ao terminal de ônibus no centro da cidade. Este ônibus tem saídas frequentes da frente do terminal do aeroporto e você pode comprar o bilhete direto com o motorista. Chegando na estação rodoviária, você pega um táxi ou tram para uma corrida bem mais curta até o seu hotel.









Você já esteve em Zagreb? Curtiu? Qual foi o seu passeio preferido? Conte pra gente!!

Não esqueça de assistir o vídeo com as imagens de todos estes passeios:  

Zagreb: o videoclipe e os cartões postais

No próximo post, o videoclipe das nossas andanças pela belíssima Costa da Dalmácia, não perca! 



Já estão no ar diversos videoclipes de lugares por onde passamos nesta mesma viagem:




Todos os posts sobre a Croácia


Todos os posts sobre a Eslovênia 

roteiro de 34 dias pelos Bálcãs 

Postagens sobre os Bálcãs


Todas as nossas postagens sobre viagens de motorhome

Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #FelipenosBalcas ou #Felipeopequenoviajante


No Twitter, procure por @pequenoviajante. Nos adicione também no Google+.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os minifilmes desta viagem de motorhome pelos Bálcãs neste link do Facebook. 

Você também nos encontra aqui:




Um comentário:

  1. Todo o meu roteiro de 1 dia em Zagreb será baseado nas dicas de vocês! Que post lindo, tão bem escrito e cheio de fotos maravilhosas! Obrigado!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...