27 de outubro de 2014

Dubrovnik: dicas práticas e passeios imperdíveis

Vindos de Trebinje, na Bósnia, chegamos a Dubrovnik à noite, exaustos. 

Depois de muito rodar de motorhome por Dubrovnik, acabamos encontrando um acostamento bem bom para fazer free camping - como não foi nada fácil, seguem as coordenadas para GPS para facilitar a vida de vocês:

N 42°37`41.0``
E 18°9`53.5``

Como chegamos na cidade bem tarde da noite e suuuuper cansados, pois havíamos começado nosso longo dia ainda em Sarajevo, depois de andar bastante pela cidade atrás de um bom lugar para pernoitar, acabamos nem nos empolgando e dormimos sem ver o centro histórico na primeira noite. 


nosso local de free camping


Vimos apenas a paisagem da Cidade Velha toda iluminada à noite, com muitas promessas para o dia seguinte! 



Na estrada que nós pegamos, existem pelo menos 3 mirantes com vistas incríveis de Old Town inteira! 

Vale a pena parar para fotos em cada um deles!!

Amanheceu um dia de sol e céu azul incrível, o que, para apreciar Dubrovnik em toda a sua glória, é fundamental! 

Imaginem como nós estávamos entusiasmados para colocar os pés nesta cidade que é Patrimônio da Humanidade pela UNESCO desde 1979?!?












Onde estacionar, como chegar

Estacionamos num parking com parquímetro pertinho do porto - foi bem difícil achar estacionamento para motorhome perto da cidade velha. 



Colocamos moedas suficientes para 8hs de estacionamento (40 kunas = 5 kunas por hora). 

Por mim, teria colocado para 10hs, mas a máquina do parquímetro só aceita moedas e nós não tínhamos mais :(

Coordenadas: 

N 42°39`19.0``
E 18°5`7.9``

Mais tarde, vimos que esse era realmente um bom lugar para estacionar, bem no caminho do ônibus número 6, que nos deixa bem na frente do principal portão de acesso à cidade velha!

Pegamos então o tal ônibus 6, que nos deixou na porta principal do centro histórico, por 12 kunas por pessoa, Lipe não pagou. 



Compre ticket nas banquinhas para os ônibus, que daí é mais barato, 12 kunas. Também dá para comprar direto com o motorista dentro do ônibus, mas aí custa 15 kunas o mesmo ticket

Uma dica boa é tirar foto do lugar onde deixamos estacionada a campervan, ou de algum prédio que pareça importante por perto! Essa tática já nos quebrou o galho várias vezes.

Outra dica é levar o carrinho: você certamente vai querer passear até cansar, e as crianças não vão aguentar. 





Como não entram carros ou quaisquer outros veículos na Cidade Velha, que é somente para pedestres, fica muito fácil e prático passear a pé e levar a criança no carrinho, quando estiver cansada. 

#ficaadica

Passeios imperdíveis

Na minha lista de passeios a fazer em Dubrovnik, eu tinha:

Fora da Cidade Velha, o bondinho que leva você ao topo do Monte Srd, para uma vista estupenda da cidade do alto de seus 405 metros de altura. Do lado de lá das montanhas, fica a Bósnia.  



No Centro Histórico:

1. Passear pela Stradun, a principal avenida da cidade, que é somente para pedestres em toda a sua extensão, assim como o resto da cidade inteira;


2. Fonte Onofrio, um dos pontos históricos mais famosos da cidade, construída em 1438; 



3. Exposição de fotografias War Photo Limited



4. Coluna Orlando, na Praça Luza, importante ponto de encontro da cidade, onde as leis, veredictos e festividades eram anunciados;  



5. Memorial dos Defensores de Dubrovnik no Palácio Sponza, uma coleção de retratos de cortar o coração de jovens que morreram defendendo a cidade entre 1991 e 1995; 



6. Portões Pile e Ploce, os 2 portões de entrada na Cidade Velha; e



7. Caminhada de 2Km ao redor da Cidade Velha, por cima das muralhas que cercam a cidade. 


Nós chegamos na cidade de ônibus e entramos no Centro Histórico pelo portão principal, o Pile Gate




Paramos para descansar um pouco e tomar muita água na Fonte Onofrio - não, eu não sei se a água é boa para turistas, mas os locais estavam tomando (há quase 600 anos), o sol estava rachando e nós tomamos também; não, ninguém teve infecção intestinal. 



Passeamos muito pela rua principal da cidade, a Stradun ou Placa

Não existem palavras e adjetivos suficientes para descrever essa avenida, é simplesmente a rua mais linda que eu já vi. Duvido que algum ser humano normal passe por ela incólume, sem se emocionar com tamanha beleza. 

Como dizia no meu guia (Lonely Planet), não importa se você está visitando Dubrovnik pela primeira vez ou se já está voltando pela décima vez - a sensação de deslumbramento que você sentirá ao olhar o Stradun nunca diminui. 






Almoçamos em Old Town numa pizzaria chamada Dardin uma pizza de 4 queijos que estava bem boa! Tem banheiro e internet wifi

Fica na rua Antuninska 3, exatamente na frente da exposição de fotografias War Photo Limited, na Antuninska 6

Eu tinha estranhado que, numa cidade com tannnnntos atrativos, justamente uma exposição de fotografias de guerra fosse citada no meu guia Lonely Planet como um dos passeios top de Dubrovnik - mas a recomendação se revelou plenamente justificada. 

É realmente uma exposição incrível, tem que ser vista. 

Mas atenção: embora seja super recomendada para quem vai a Dubrovnik, tenho que alertar que as imagens são super fortes e chocantes (só cenas de guerra, então já dá para imaginar, né?!?). 

Tenha o cuidado de levar alguma distração para as crianças se distraírem enquanto você vê a exposição com calma, e lê as histórias por trás de cada foto, porque as fotografias são pesadas demais para as crianças. 

Custa 40 kunas por pessoa, e o Lipe não pagou. 

Não tem banheiro lá, use o banheiro da pizzaria na frente.

Mais informações no site






Depois ainda passeamos pela cidade toda a pé: StradunColuna Orlando, na Praça Luza, Pred Dvorom,Catedral da Virgem e muitos palácios, praças e igrejas. 

Um dos lugares mais comoventes da viagem foi o Memorial dos Defensores de Dubrovnik, no Palácio Sponza.

















Mas, sem dúvida nenhuma, o passeio top de Dubrovnik é a caminhada de 2Km pelas muralhas que contornam a Cidade Velha

Custa caro, mas pelo menos a gente vê que o dinheiro pago pelo ingresso é realmente investido na conservação daquele lugar fantástico!

Pagamos 100 kunas por adulto e 30 kunas pro Lipe - no total, uns 30 euros



A entrada e bilheteria principais ficam no Pile Gate, o principal portão de acesso à cidade histórica, mas também é possível entrar pelo Portão Ploce, no lado leste da cidade. 


Um detalhe importante é que as muralhas só podem ser visitadas no sentido horário - então prepare-se para caminhar sempre neste sentido!



As muralhas que cercam Dubrovnik são certamente as mais incríveis e bem preservadas do mundo, e a grande razão para o sucesso turístico que é a cidade. Mesmo o terrível terremoto de 1667 não foi suficiente para danificá-las. 

As vistas que se tem lá de cima são fenomenais e certamente serão o highlight da sua visita à cidade!

Construídas entre os séculos 13 e 16, elas realmente contornam a cidade inteira, num polígono de proteção de 2Km de comprimento

Algumas partes das muralhas têm até 25 metros de altura e 6 metros de largura, além de 2 torres circulares e 14 torres quadrangulares!

Para completar o cenário, as muralhas ainda têm 2 fortificações angulares, 4 bastiões e uma enorme fortaleza.

Alguns dos lugares mais bonitos do caminho são o Forte Minceta, o Forte St Johns, o Forte Lawrence no Portão Pile e o Forte Revelin no Portão Ploce.  
















Não esqueça de levar: protetor solar, boné, bastante água e muitos cartões de memória e baterias para a sua máquina fotográfica - eu não somei, mas acredito que tiramos em torno de 500 fotografias neste passeio!  

O único ponto negativo é que não se pode fazer o passeio com carrinho de bebê, então você vai passar um pouco de trabalho se o seu filho for do tipo que faz manha para caminhar.

O Lipe acompanha a gente firme, mas neste dia estava tão calor, com um sol tão forte, que até ele incomodou um pouquinho numas partes onde haviam escadas - o papai teve que colocá-lo na cacunda!



Outra pequena dificuldade podem ser os banheiros: vá pra lá depois de ter ido ao banheiro, porque não é tão fácil encontrar banheiros ao longo das muralhas - nós pedimos para o Lipe usar o banheiro em um café no caminho, e eles foram simpáticos e permitiram, mas acredito que não costumem emprestar o banheiro com tanta facilidade para adultos que não são clientes :(

Você pode pensar "ah, mas 2Km a gente faz rapidinho!" - #sqn

O lugar é tão lindo, as paisagens tão impressionantes, que você vai querer passar muito tempo lá, tirando centenas de fotografias e curtindo aquela paisagem fantástica até gravá-la na retina! 

Nós levamos em torno de 3 horas para fazer todo o percurso - e isso que não fizemos paradas em restaurantes! 







Como o Lipe se comportou muito bem todo o dia, ainda tivemos que encontrar uma pracinha pra premiar ele, e nem foi difícil: bem pertinho do portão de entrada na cidade, o Pile Gate, há uma pracinha ótima!




Mais tarde, jantamos num restaurante no porto antigo, na Cidade Velha, num lugar super gostoso, de frente pro mar. 

A comida estava mais ou menos e o preço também - não lembro exatamente quanto! - mas, naquele lugar, qualquer jantar fica inesquecível, até se a comida fosse massa Miojo



E, como se isso fosse possível, com o pôr do sol a cidade ficou ainda mais mágica, me deixando com dor no coração de ter que ir embora! 

Ainda bem que voltaríamos no dia seguinte, para um incrível passeio de caiaque, sobre o qual eu conto mais detalhes no próximo post!

Algumas cidades assumem um ar mágico durante o entardecer, você não acha? Dubrovnik é uma delas!






Naquela noite, dormimos no mesmo acostamento que havíamos encontrado na noite anterior em Dubrovnik, bem bom para fazer free camping.

Você já esteve em Dubrovnik? Apaixonante, não é??? Não conheci ninguém ainda que não tenha se encantado! Dê a sua opinião!!

No próximo post, nosso inesquecível passeio de caiaque em Dubrovnik, não perca!!

Assista o videoclipe dos nossos passeios pela cidade!  


Leia também
roteiro de 34 dias pelos Bálcãs 

videoclipes da nossa viagem pela Eslovênia

Todos os posts sobre a Croácia

Todos os posts sobre a Eslovênia 

Todas as nossas postagens sobre viagens de motorhome.  

Postagens sobre os Bálcãs.

Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #FelipenosBalcas ou #Felipeopequenoviajante

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui.

Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os minifilmes desta viagem de motorhome pelos Bálcãs no Facebook. Os nossos vídeos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal! 

Você também nos encontra aqui:

3 comentários:

  1. Oi, pessoal. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Boia – Natalie

    ResponderExcluir
  2. Dubrovnick é demais já estive e vezes lá d pretendo voltar mais vezes tanto que tenho fotos de lá sendo uma delas na muralha segurando a bandeira da Croácia.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...