23 de outubro de 2014

Croácia: como ir de Split à Ilha de Hvar passando por Omis e Drvenik, na Dalmácia - dicas práticas

Nos últimos posts, contei tudo sobre a nossa hospedagem BBB em Split e também sobre os nossos passeios por lá. 

Mas então chegou a hora de seguir viagem - sempre chega! - e tínhamos que decidir como ir até a Ilha de Hvar, nosso próximo destino. 

Podíamos ir de Split direto para Hvar com o ferry que sai de lá, mas eu tinha ouvido maravilhas sobre este trecho da Costa da Dalmácia, e então resolvemos ir pelo litoral até Drvenik, passando por Omis, Brela e dezenas de outras cidadezinhas pelo caminho. 

O caminho de Split até Omis é bem bonito, margeando o mar e subindo e descendo as encostas das montanhas, com estradas ótimas e sem pedágio! 






Em Drvenik, há um ferry de carros (que também leva motorhomes) que vai até o lado menos conhecido da Ilha de Hvar, Sucuraj

De Sucuraj, são 60km até Stari Grad e 77km até Hvar Town

É, a Ilha de Hvar é bem grande!



De Split, você pega um ferry e chega direto em Stari Grad, a cidade velha, lindíssima, ou em Hvar Town, a parte mais badalada da ilha

O ferry de Split leva 2hs e é bem mais caro

A nossa opção foi fazer o trajeto beeeem mais longo, conhecendo tudo pelo caminho, e com o ferry bem mais curto (35min), e portanto bem mais barato. 

Depois de um passeio pelo Palácio de Diocleciano em Split de manhã, seguimos pela estrada litorânea para Omis.



Omis

Uma fofura de cidade, no meio das montanhas, com um rio de águas muito verdes passando pelo meio e uma estradinha no meio de um canyon

Lugar lindo!









A cidade foi fundada na margem esquerda do Rio Cetina, e sua posição geográfica é invejável, entre as montanhas, o lindo rio e o mar. 

Na Cidade Velha, encontramos umas crianças que nos mostraram o caminho para a fortaleza no topo da cidade, com vistas incríveis. 





O nome do forte, que fica em cima de uma montanha, é Peovica, ou Mirabela, e a vista lá de cima é linda mesmo, vale o esforço da subida! 

Devido às permanentes ameaças que vinham da terra e do mar, Omis sempre foi uma cidade fortificada, desde a Idade Média. 











É um lugar muito legal para um almoço, com vários restaurantezinhos fofos no centro histórico, que é lindo e mais "vida real" - em muitas das cidadezinhas que visitamos na Dalmácia, eu tinha a impressão que estávamos dentro de um cenário, um lugar "feito" para os turistas verem e lotado deles e de lojinhas de souvenir

Em Omis, tem-se a nítida sensação de que o tempo parou. A cidade velha é viva, cheia de gente que mora lá e que tem até suas hortinhas por ali! 

Você tropeça e está dentro do pátio de alguém!











De Omis, seguimos pelo litoral, passando por dezenas de povoadinhos lindos pendurados nas encostas das montanhas. 

Um novo povoado fofinho a cada curva da estrada, e foram muiiiiitas curvas. 

Passei toda a viagem lamentando o céu nublado :(






Drvenik

Chegamos em Drvenik lá pelas 16hs e fomos direto ao porto do ferry



Logo fiz a conta e vi que não conseguiríamos embarcar no próximo ferry que sairia, às 17h15min :( 

A fila estava enorme, váaaaaarios motorhomes e um caminhão enorme na nossa frente, talvez porque fosse sexta-feira!

Veja que chegamos lá com mais de uma hora de antecedência, na baixa estação, e ficamos longe de embarcar!




Entramos na fila - quer dizer, colocamos o nosso motorhome na fila - e fui comprar nossos tickets

2 adultos + motorhome até 5 metros custou 181 kunas = € 25

O Lipe, com 5 anos, não pagou. 



Quando a gente procura informações sobre os barcos (ferries) na internet, parece tudo muito complicado no site, porque colocamos "Hvar" e não aparece nada. 

É que os nomes que tem que colocar são os dos portos, no nosso caso, por exemplo, "Drvenik - Sucuraj" - colocando assim, aparece direitinho os preços e os horários dos barcos. 


Quem vai saber que quem procura por Hvar não deveria procurar por "Hvar", e sim por "Sucuraj"???


Outra coisa importante: não tem como comprar passagens para os ferries com antecedência!

As passagens são compradas no próprio dia e o embarque no ferry é por ordem de chegada. Não adianta ter a passagem para o seu veículo comprada - se você não estiver na fila, não embarca!

Então o único jeito é chegar com bastante antecedência no porto e colocar logo seu veículo na fila do próximo ferry, enquanto você vai até a bilheteria, que fica ali mesmo no porto, comprar os tickets

#ficaadica

Como o próximo ferry era só as 19hs, fizemos um almocinho no motorhome kkkk - outra vantagem de viajar de motorhome: dá para almoçar e tirar uma soneca enquanto a gente espera na fila do ferry!



Quem está viajando de carro fica socado ali horas a fio sem fazer nada...sem bem que Drvenik não é feia - dá para fazer um bom passeio (a pé, porque o seu veículo tem que ficar guardando o seu lugar na fila do barco, óbvio!), um lanche, tirar fotografias, ou mesmo usar a internet enquanto você espera o ferry - a conexão wifi é free e muito boa!





de ferry até Sucuraj

O ferry é bem simples, só com umas cadeiras de plástico para sentar - e não tem uma área fechada







É permitido ir dentro do seu veículo (boa ideia se estiver muito frio), mas preferimos subir lá na parte de cima para desfrutar das vistas de Drvenik, Sucuraj e do litoral. 





A viagem de ferry é muito rapidinha (35min), e logo estávamos em Sucuraj, na Ilha de Hvar, de onde seguimos imediatamente para Stari Grad, a cidade velha da ilha, onde queríamos passear à noite e pernoitar. 

O porto de Sucuraj também não é nada feio - aliás, não existe lugar feio na Croácia, que eu tenha visto! 

O ponto positivo do clima na nossa viagem é que só anoitecia às 21hs (viajamos em maio), então os dias eram longos e bemmmmm aproveitados, mas o céu constantemente nublado não estava colaborando para as fotos e para vermos o Mar Adriático dessa região em toda a sua glória azul turquesa :(

Se, com tempo nublado, aquilo lá é lindo demais, fico imaginando num dia de sol e céu azul!

Você já foi à Ilha de Hvar? Como chegou lá? Conte pra gente!

No próximo post, nossos passeios na Ilha de Hvar - fique ligado!







Leia também
roteiro de 34 dias pelos Bálcãs 

videoclipes da nossa viagem pela Eslovênia

Todos os posts sobre a Croácia

Todos os posts sobre a Eslovênia 

Todas as nossas postagens sobre viagens de motorhome.  

Postagens sobre os Bálcãs.

Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #FelipenosBalcas ou #Felipeopequenoviajante

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui.

Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os minifilmes desta viagem de motorhome pelos Bálcãs no Facebook. Os nossos vídeos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal! 

Você também nos encontra aqui:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...