13 de abril de 2014

Lobo Guará Bike Adventure - trilha em duas rodas, banho de cachoeira e plantio de árvore em Bonito

Nosso último passeio em Bonito foi uma delícia, por incrível que possa parecer kkkkkkkk...

Quando estávamos planejando essa viagem, o Peg inventou que tínhamos que incluir um passeio de bicicleta. Eu, que sou louca de #Mariavaicomasoutras, já fui concordando, falei com o pessoal da H2O, nossa agência de viagens em Bonito e, quando vi, estávamos lá, com os vouchers da Lobo Guará Bike Adventure na mão, prontos para a nossa última atividade em Bonito, antes de pegarmos a van da Vanzella para voltar à Campo Grande!



Ocorre que...foi só aí que caiu a ficha que o tal "passeio" de bike era uma "voltinha" de 18Km!!! No mesmo instante em que a ficha caiu eu pensei na besteira que eu tinha feito, e tive a certeza que eu não conseguiria pedalar 18Km numa mountain bike!!!

Mas aí a M. já tinha sido feita e o Márcio, um cara muito gente boa que é o proprietário, monitor e idealizador desse passeio, já estava lá a postos nos esperando, com a corda toda, pronto pra pedalar 100Km se preciso fosse, e eu não podia dar pra trás :-(

Chegar na sede da Lobo Guará é muito fácil, pois fica bem no centrinho da cidade, pertinho da praça principal. 


Deixamos o nosso carro alugado estacionado lá mesmo e fomos encontrar o Márcio, que recomendou que comprássemos umas garrafinhas de água mineral no mercadinho que fica bem na frente da Lobo Guará.

Depois, me tapei de protetor solar e repelente! Além de o passeio ser as 14hs, embaixo de um sol matador, ele é feito, em grande parte, no meio do mato, onde tem muito mosquito, então esses 2 ítens são imprescindíveis: muito repelente de insetos e protetor solar!!!

As bicicletas do Márcio têm um suporte para colocar máquinas fotográficas snapshot - acomodei a minha ali, e o Peg levou a GoPro Hero com ele. 

Também pegamos os capacetes, que são de uso obrigatório. 

Antes de sair, veja se a bicicleta está boa para você - no meu caso, o Márcio levantou um pouco o banco - tenha certeza de que você está confortável sobre as duas rodas, já que você terá um lonnnnnnnnnngo percurso pela frente!

Ainda não eram 14hs quando partimos de bikeO passeio começa na rodovia, por onde a gente segue até o Parque Ecológico do Rio Formoso, um lugar muito lindo, onde havíamos passado aquela mesma manhã, num passeio de cavalgada e boia-cross!






Até lá o caminho é bem fácil, com várias descidas e tudo asfaltadinho

Lá no parque, fizemos uma paradinha para ir ao banheiro e comprar mais água mineral, e logo chegou o grande momento do passeio: o de plantar uma árvore!

Desde que o Márcio criou esse passeio, cada pessoa que ele leva para pedalar por Bonito planta uma árvore. É uma forma dele, e de nós, turistas, agradecermos e retribuirmos por tudo o que Bonito nos oferece de bom e de beleza! Já foram centenas de árvores plantadas! Não falei que o Márcio era um cara muito gente boa??




E sabe que eu fiquei emocionada??? Com 38 anos, eu nunca tinha plantado uma árvore na vida, acredita? Adorei a experiência, a oportunidade, e foi um fechamento com chave de ouro para uma viagem que mal terminou e já deixou saudades e um gostinho de quero mais!

Obrigada, Márcio, pela oportunidade! Vamos ter que voltar a Bonito em alguns anos para ver os nossos pés de Chico Magro e de Amendoim do Mato crescidos! Não esquece de aguar eles por nós!




Grande parte das trilhas percorridas durante o passeio de mountain bike fica dentro do Parque Ecológico do Rio Formoso. O lugar é muito bonito e as trilhas não são difíceis lá - são perfeitas para iniciantes

Eu, que nunca tinha pedalado uma mountain bike antes, tive um pouquinho de dificuldade numas trilhas mais estreitinhas, em subida, no meio do mato, onde tinha mais barro. Me desequilibrava toda hora hehehehe, mas depois de um tempinho peguei o jeito, aprendi a usar as marchas a meu favor e comecei a achar tudo muito fácil. 







O Márcio vai devagar - o ritmo não é de corrida, e sim de passeio - contando 1001 histórias, falando dos índios da região, da história do Mato Grosso do Sul, da fauna, da flora...ele faz questão de parar para nos mostrar uns sapinhos minúsculos que existem na região, árvores nativas, muitas cachoeiras e corredeiras - enfim, o papo é muito bom, e a gente nem vê o tempo - e os quilômetros - passarem por nós!

 sapinho

 uma árvore parecida com algumas pessoas por aí: ela se enrosca em outra e vai sugando todos os nutrientes da outra até matá-la e tomar o lugar dela!






No meio dessas trilhas que ficam dentro do Parque Ecológico, em meio à mata ciliar do cristalino Rio Formoso, uma muito esperada parada para um banho refrescante nas corredeiras do rio - com o calorão da tarde de sol e o suador que nós já estávamos, aquela água geladinha nos reavivou, o banho foi gostosíssimo e o Márcio subiu (em questão de 5 segundos!) numa árvore altíssima para tirar uma foto única da gente aproveitando o mergulho!


Esse banho de rio é um bom momento para descansar e recuperar as energias para o trajeto de volta, que foi a parte que eu achei mais puxada do passeio, primeiro porque já estava ficando cansada, e segundo porque todas aquelas descidinhas que nós aproveitamos no caminho de ida, viraram subidinhas no caminho de volta, e eu nem sei como consegui subir pedalando a última subida, até a sede da Lobo Guará, de volta no centro da cidade. 

Cheguei com os bofes para fora, mas feliz da vida, pela superação, pela árvore plantada, pelo banho de cachoeira, e pelas muitas coisas que aprendemos com o Márcio!


No total, o passeio dura mais ou menos 3h30min, dependendo do preparo físico de cada grupo. No nosso caso, foi um pouco mais rápido, porque pedimos ao Márcio para estarmos de volta ao centro em torno das 17hs, para termos tempo de tomar um banho no Hotel Paraíso das Águas antes de voltarmos à Campo Grande, como eu contei aqui

Foi uma pena, porque gostaríamos muito de ter aproveitado o passeio com calma até o final, quando o Márcio leva a gente em um lugar incrível para ver um pôr do sol lindo :-( - ficou para a próxima!



O passeio não tem idade mínima, mas lembre-se que são 18Km de bicicleta, então, para saber se seu filho pode ir, faça a conta: ele é capaz de pedalar 18Km?

O que levar nesse passeio: tênis, repelente, protetor solar, água mineral, dinheiro, máquina fotográfica, roupa apropriada para andar de bicicleta, boné, biquine/roupa de banho, toalha...

Você gosta de pedalar? Já experimentou fazer mountain bike? Fez o passeio da Lobo Guará Bike Adventure em Bonito? Queremos saber!

* Fizemos o passeio Lobo Guará Bike Adventure a convite do Márcio e da H2O Ecoturismo, agência de viagens que foi nossa parceira nesta viagem.


Se você se interessou por este passeio e quer saber mais detalhes, e o preço dele, clique aqui.

Como já expliquei em detalhes no primeiro post desta série sobre Bonito, os preços são tabelados e você só pode fazer os passeios através de uma agência de viagens, que emitirá o seu voucher digital. Nós recomendamos muito a H2O Ecoturismo, que apoiou a nossa viagem e nos prestou um ótimo serviço :-)

Veja aqui mais alguns vídeos de nossas aventuras por Bonito:
https://www.youtube.com/watch?v=DnJU4UZe5Q4
https://www.youtube.com/watch?v=Ox2-uM5Y22g
https://www.youtube.com/watch?v=cUqK_NLlYps


Confira as tarifas reserve sua estadia em Bonito:



Leia também:



Veja as nossas fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #PVemBonito ou #felipeopequenoviajante.

Assista todos os minifilmes das nossas aventuras no Facebook. Os videoclipes você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui. Não esqueça também de curtir a nossa fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Você também nos encontra aqui:

Facebook / Twitter / Instagram / Pinterest / YouTube / Google+     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...