23 de setembro de 2013

Ushuaia: passeio de trenó com cachorros, esquibunda, pista de esqui do Glaciar Martial, Museu do Presídio, dicas de economia, compras, aluguel de carro e muito mais...

Dia 8

Tentamos alugar um carro ontem para passarmos o dia motorizados hoje mas foi impossível - ligamos da pousada para todas as locadoras e não havia um único carro barato disponível - apenas camionetes 4x4 carérrimas!

O preço do aluguel de um Corsinha é 530 pesos. Uma camionete 4x4 custa, no mínimo, o dobro disso - daí concluímos que não valia a pena.

Vocês devem estar se perguntando porque não alugamos com antecedência, pela internet - nós até tentamos, mas os preços eram absurdamente caros, algo em torno de R$290,00 os mais baratinhos - então desistimos.


Chegando aqui foi que descobrimos que era possível alugar um carro simples aqui por R$153,00, praticamente a metade do que cobram pela internet- mas é difícil encontrar um!!!

Então, como não conseguimos carro, pegamos o transfer (100 pesos por pessoa ida e volta com Don Alejo, Felipe grátis no nosso colo) até o Centro Invernal Valle de Lobos, e fizemos o passeio de trenó com os cachorros - foi muiiiito legal!


Custou 225 pesos por pessoa (450 para nós 2), e o Lipe não pagou. É bem rapidinho, uns 10 minutos, mas é suficiente para se divertir. 

Eu vi passeios com cachorros também no Tierra Mayor e no Ushuaia Blanca/Las Cotorras, mas escolhemos o Valle de Lobos porque aqui o percurso é no meio do bosque, das árvores, e com muita emoção,  parece até uma montanha russa. Nos outros lugares me pareceu mais sem graça, porque o trajeto dos passeios é feito no vale, em campo, ou melhor dizendo, neve aberta...




Foi o Peg sentado atrás, eu no meio das pernas dele e o Lipe na minha frente, gritando e curtindo horrores (ele não queria que eu segurasse ele, por pouco não sai voando do trenó!!!).

Os cachorros são super bem cuidados e parecem bem felizes. Se você se interessar em saber mais, procure Gato Curuchet no Google - ele é o proprietário e é bem famoso na região, já tendo até participado de corridas de cachorros no Alaska e de expedições à Antártica.







De lá, pegamos o transporte gratuito entre centros invernales - recomendo que, antes de ir para a "ruta" esperar a van passar, você vá até a recepção do centro invernal e peça para eles ligarem confirmando com a empresa responsável, porque havia gente reclamando que não estão cumprindo os horários preestabelecidos (mas se você liga eles logo vêm!) - e viemos para o Tierra Mayor, onde alugamos um "culipatín" (esquibunda) por 50 pesos (uma hora) e o Lipe se divertiu demais descendo no "tobogã de gelo", nas palavras dele.








É bem fácil aprender. Na primeira e segunda vez ele abria as pernas, olhava para trás ou soltava as mãos, e acabava capotando. Mas depois pegou o jeito e no final já era o "campeón del culipatín"!!!






Almoçamos no próprio Tierra Mayor (tem restaurante também). A especialidade deles é o "cordero fueguino", mas eu comi um "guiso montañés" que tava uma delícia! O almoço custou 260 pesos - aliás, TODAS as nossas refeições custaram entre 220 e 260 pesos = R$ 63,00 e 74,00 (esses valores já incluem 10% de gorjeta).




Voltamos com o transfer das 15 horas para o centro da cidade e descemos direto no antigo Presídio de Ushuaia, que foi transformado num complexo de museus bem interessante, apesar de meio pobrinho!

A entrada custa 110 pesos por adulto, e o Lipe não pagou; 1 hora é suficiente para ver tudo. Existem 2 visitas guiadas por dia, uma pela manhã e outra pela tarde - informe-se sobre os horários.  A entrada que você paga vale por 48hs - é só carimbar o ticket antes de sair e você pode voltar no dia seguinte, embora eu não entenda porque você haveria de querer voltar kkkkkk.






São vários pavilhões, com Museu do Presídio, de Arte, Marítimo, Histórico, Antártico, Penitenciário, Policial, da História de Ushuaia...não perca o pavilhão histórico do presídio, que não foi reformado e está como era originalmente - dá para imaginar como era ser preso lá, e sentir o frio que aquela gente deve ter passado!




Achei meio decepcionante a parte sobre a Antártica - é um assunto que eu tenho o maior interesse e achei muito fraca a exposição...a parte que o Lipe mais gostou foi a dos barcos naufragados, no primeiro andar :-(





Dia 9

Fizemos check-out na nossa Posada del Fin del Mundo e pagamos 4060 pesos por 8 noites na pousada de Ushuaia (que, para eles, equivalem a U$ 720 - seriam U$ 90 por noite, com a cotação a 5.63) - para nós foi equivalente a U$ 480 (com a cotação a 8.4 que conseguimos pelo dólar). Foram 8 noites a U$ 60 por noite (R$ 145, 00).

Vejam que, só na diferença de cotação, economizamos U$ 30 por dia (U$ 240 no total = R$ 580,00)!!!! Então, preste muita atenção no câmbio e na maneira como você vai trocar o seu dinheiro - nesse exemplo que eu dei, dá pra ver que essa medida simples pode tornar a sua viagem muiiiiito mais barata - precisamente 30% mais barata!!!

Passeamos um pouco a pé pelas lojas de souvenirs da San Martin (avenida principal) para comprar uns "regalitos" - depois da nossa passagem por El Calafate e El Chaltén, na Argentina, e por Puerto Natales, no Chile, posso recomendar: faça todas as comprinhas de lembrancinhas e presentinhos que você pretende comprar em Ushuaia, porque lá tem muito mais variedade e é tudo beeeem mais barato do que no resto dos lugares.

Eu não achei o comércio de Ushuaia grande coisa (o de Bariloche, por exemplo, é muito melhor!), muito menos os 'free shops', mas mesmo assim é bem melhor fazer compritchas lá do que no resto da Patagônia!

As bobagenzinhas - como íma de geladeira (15 pesos), geléia de calafate, chocolates, camisetas, etc - são bem mais em conta em Ushuaia do que em El Calafate!

A mesma coisa com relação aos restaurantes: aproveite para comer muito bem e barato em Ushuaia! Nos outros lugares, você não consegue comer tão bem como lá e é tudo mais caro (e pior).

Engraçado foi que, depois de 9 dias em Ushuaia, eu já estava cumprimentando conhecidos pela San Martín (locais e outros turistas), e dando informações na rua kkkkk...foi uma estadia bem longa, e eu adorei isso, de me acomodar na pousada e ficar me sentindo em casa (até porque a Ana e o Marcelo da Posada del Fin del Mundo fazem a gente se sentir assim lá!), sem ter que ficar arrumando e desarrumando mochilas toda hora!!

Depois fomos para o Glaciar Martial, onde alugamos esquis e botas para o Felipe (por 90 pesos) e ele esquiou de novo, hoje bem melhor!



Os guris que trabalham ali não são muito simpáticos, mas a senhora do caixa é - nem cobrou o "bambi lift" do Felipe e ainda deu um passe para mim - menos mal, porque o Lipe não conseguiu se agarrar no lift! Percebi que para crianças o melhor são aquelas esteiras rolantes, tipo as de aeroporto, que eles chamam "magic carpet" (tem dessas no Cerro Castor)...




Quando ele cansou de esquiar, pedi para trocar os esquis que eu havia alugado por um "culipatín" (esquibunda), e eles deixaram - a pista de esquibunda deles é superlegal, bem comprida; fica onde termina a escolinha de esqui, no final da pista infantil. 

Como já falei, o Centro de Montaña "Glaciar Martial" é o lugar mais barato para aprender a esquiar que eu já vi!

Alguns preços da tabela deles:

Aluguel de equipamento infantil (botas e esquis): 60 pesos (por hora) ou 90 pesos (por dia) 
Aluguel de equipamento adulto completo: 100 pesos por dia (esquis) ou 125 pesos (snowboard) 
Aula de esqui ou snowboard para 2 pessoas: 368 pesos (184 por pessoa) por hora 
Para mais informações, aqui
Telefone: (02901) 15503767/15510307

Lá na base do Glaciar Martial também fica a casa de chá mais fofa que há (dica da Karla Alves Leal)! Parece uma casa de bonecas...um programa de meninas, com uma vista de tirar o fôlego para o Canal de Beagle!!! Se você precisar de um táxi para voltar para o centro da cidade, é só pedir lá que eles chamam.




E a nossa despedida de Ushuaia foi com essa imagem linda do Canal de Beagle e da cidade, vistos da estradinha sinuosa que desce do Glaciar Martial! (se você pedir, o taxista pára num mirante durante a descida para tirar fotos)

Até breve, fim do mundo, volveremos pronto!!!!


Quer fazer um passeio de trenó puxado por cachorros em Ushuaia? 

Veja este videoclipe, aqui ou no nosso canal no YouTubeaqui - não esqueça de selecionar a opção para assistir em HD, alta definição! 


Nos próximos posts, mais sobre a nossa viagem pela Patagônia - fique ligado!

Cotações (no momento da nossa viagem): 

R$ 1 = AR$ 3,47 / U$ 1 = R$ 2,42 / U$ 1 = AR$ 8,40 

Vai para Ushuaia?



Você também nos encontra aqui:


Veja mais fotografias desta viagem nas nossas redes sociais, em #felipeopequenoviajante e #operaçaofimdomundo2013

Assista todos os minifilmes da nossa aventura "patagônica" no Facebook (aqui) ou os filminhos maiores no YouTube (aqui).


Para ler mais, todas as nossas postagens sobre a Patagônia estão organizadas aqui

11 comentários:

  1. Claudia,

    Deu ate vontade de voltar pra neve, lendo teus relatos!
    Lipe deve ter aproveitado muito!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ano que vem o Dodo vai, Francine!
      Bjokas,
      Claudia
      @pequenoviajante

      Excluir
  2. Esse Lipe é uma figura, rsrs. Todo pomposo deitado no colo de vcs 2.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu viu que nojo a cara de gostoso, Amanda? hahahahaha
      Bjos,
      Claudia
      @pequenoviajante

      Excluir
  3. Claudia, que delícia de viagem! E essa casa de chá, hein? Bateu saudade agora!
    Conheci uma Ushuaia completamente diferente de você, ainda com neve no Glaciar Martial, mas bem mais azul e por vezes, quente. Mas sempre linda a apaixonante.
    Estou adorando reviver a minha viagem através dos seus relatos e fotos.
    E já que você tem curiosidade, se quiser trocar ideias sobre a Antártica, é só falar com o meu marido. Hehehe... ele já esteve lá duas vezes.
    Beijos! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Karla, eu fiquei imaginando como deve ser no verão...eu adoro paisagens com neve, adorei ter ido no inverno, mas deve ser bem colorido no verão, né???
      Teu marido é marinheiro, né? Eu lembro daquele perrengue no barco hahahaha...
      Tu tens fotos postadas no blog/Face da Antártica? Me manda os links?
      Bjokas,
      Claudia
      @pequenoviajante

      Excluir
  4. Adorei as dicas, qual foi o mês que vcs foram para Ushuaia? estou indo no dia 19 de mês de maio, será que vamos ver neve??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deny,
      Nós fomos em agosto! Tomara que vocês tenham sorte, porque não é muito comum nevar em maio - pode acontecer, se vcs forem sortudos, mas não é garantido!

      Excluir
  5. Oi Cláudia , as suas dicas foram fantásticas! Amei.
    Estou indo para Patagônia em em 11 a 25 de junho, chegando em Punta Arenas.
    Gostaria de saber como ver o seu trajeto completo do início ao fim, já que só encontrei trechos,
    como você fez, trechos de carro, avião etc.
    De qualquer forma muito obrigada você nos ajudou bastante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sagra,
      todos os posts sobre a Patagônia estão organizados neste post índice aqui: http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2013/10/post-indice-da-patagonia.html#more

      Também tem um post sobre o nosso roteiro, aqui:
      http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2013/09/introduzindo-patagonia-nosso-roteiro.html

      Boa viagem, vai ser lindo!

      Excluir
  6. Como faz pra alugar o carro simples que você citou por 153 reais? O transfer sai de onde? do centro de Ushuaia mesmo?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...