27 de setembro de 2013

Torres del Paine: nosso 1º dia no paraíso

Dia 13

Saímos do Hotel Hallef em direção a Torres del Paine, nos despedindo de Puerto Natales.

Descobrimos que a estrada que vai direto de Puerto Natales em direção ao nosso hotel, no Sector Río Serrano, está fechada porque houve um desmoronamento há pouco tempo, e provavelmente não será reaberta tão cedo - estão teremos que fazer uma volta bem maior para entrar no PNTDP por Laguna Amarga.

No caminho, a 24km de Puerto Natales, entramos 8km (de ida e mais 8km de volta) para ir até a  Cueva del Milodón, uma caverna gigante (200mx80mx30m) onde foram encontrados resquícios de um animal pre-histórico - uma preguiça gigante - nem preciso dizer que o Felipe amou o passeio, ficou achando que ia encontrar o Bambam no meio da caverna!!!



visão da Cueva del Milodón de dentro para fora 



  
Existem 3 trilhas ao redor da caverna - nós fizemos a mais curta (uns 40min, com calma e muitas fotos, desde o estacionamento). A entrada custa 2.000 pesos e o Lipe não pagou.

existem várias possibilidades de trilhas ao redor da caverna


Silla del Diablo é uma pedra num formato estranho que fica logo antes da entrada da caverna.

Silla del Diablo

A paisagem é espetacular, ainda mais bonita que na NZ! Logo que passamos um lago espelhado no caminho já dá pra ver as torres pela primeira vez, é emocionante!







 a primeira vista das torres é emocionante



Chegando em Cerro Castillo, de onde se segue para o 'paso de frontera' Río Don Guillermo, em Cancha Carrera, há a Cafeteria Ovejero, que merece uma visita - sabe aqueles lugares que parecem o velho oeste, onde motoqueiros colam seus adesivos? Pois é, deixei um adesivo do pequeno viajante grudado lá também kkkkk...

chegada em Cerro Castillo - 
no próximo post eu conto mais sobre esta cidadezinha perdida no meio do nada



Depois seguimos em direção à Portería Laguna Amarga. Poderíamos ter ido por Lago Sarmiento, que é mais ao sul, mas já sabíamos que a visão dos "cuernos del Paine" da estrada para Laguna Amarga é linda demais e realmente...nem se compara! Entre no PNTDP por Laguna Amarga e não por Lago Sarmiento!!! #ficaadica

Lago Sarmiento - impressionante, com suas margens brancas


Portería Laguna Amarga


Eu vou me abster de usar adjetivos daqui pra frente ou não termino mais esse texto. O que se vê da estrada de Cerro Castillo em diante, todo o caminho até Río Serrano, é algo de espetacular. Só vendo pra entender. Venha e me diga.

Outra dica: tente (TENTE) não parar para fotos a cada 3 minutos. A gente pensa "vou fotografar agora porque melhor que isso não fica" e, grande engano! A cada minuto, a cada quilômetro, fica mais sensacional...então leve a sério este conselho: relaxe, curta a paisagem e desestresse com as fotografias - elas serão naturalmente divinas! #ficaadica


guanacos

ñandús 




No final do dia, seus olhos estarão doendo, cansados de ver tanta beleza - assim é Torres del Paine.

Além dos magníficos pilares de granito (Los Cuernos), você também certamente terá 'close encounters' com vizcachas (lebres), zorros colorados, flamingos, muiiiiiitos guanacos, ovelhas, vacas, ñandús (emas), pássaros de todo tipo (até o condor andino!)...parece até um safári, como já falei...só o puma que é mais difícil de visualizar!



A entrada no parque nacional é paga em qualquer das "porterías" e custa 10.000 pesos para cada adulto - o Lipe não pagou. Ela dura 3 dias, e se você vai sair do parque e entrar de novo no dia seguinte eles recomendam carimbar os ingressos na "portería" por onde você saiu para poder entrar de novo no dia seguinte. Nos disseram para fazer isso, mas, como pernoitamos em Villa Serrano, que virou um beco sem saída desde o tal desmoronamento, não foi necessário. 

Eles, os chilenos, assim como os argentinos, adoram um carimbo (sempre tem esse esquema de carimbar o bilhete para ter validade no dia seguinte em todos os museus que fomos!) - se você pedir eles carimbam inclusive o seu passaporte com o selo "Torres del Paine", assim como em Ushuaia carimbavam com o selo "Fin del Mundo" - pena que nós não trouxemos os passaportes!!!

Lugares por onde passamos: Lago Sarmiento, Laguna Amarga, Mirador del Nordenskjöld, Lagunas Mellizas, Pudeto, Salto Grande (fizemos a trilha até a cachoeira), Hostería Pehoé, Hotel Explora, Administração do Parque e Portería Serrano.

Laguna Amarga







Saímos do parque nacional pela Guardería Serrano e viemos até a Villa Serrano, bem pertinho, onde fica nosso hotel: Hostería Lago Tyndall.

Simplifiquei bem nosso trajeto. Só para dar uma idéia, nós saímos de Puerto Natales por volta das 9hs da manhã e fomos chegar no hotel mais ou menos 17hs, e a quilometragem é até curta - mas com certeza paramos mais de 100 vezes no caminho para fotos, filmes, xixi, comer, trilhas, mirantes, beber, brincar ou simplesmente se embasbacar. 100 vezes no mínimo. Não venha com pressa que é uma judiaria.

Mirador del Nordenskjöld

Pudeto



Temos tido muita sorte com o tempo. Apesar do frio (temperaturas negativas todos os dias), que já era esperado, não tem muito vento (o vento patagônico é famoso por carregar carros, tem placas por todo parque alertando!) e hoje, de novo, fez muito sol e céu azul. No meio da tarde não tinha uma única nuvem no céu!

ainda dá para ver as marcas do incêndio que queimou boa parte do parque nacional há pouco tempo


Salto Grandea trilha até a cachoeira é bem fácil!



Hostería Pehoé

Li montes de relatos de gente que veio aqui, quase foi carregado pelo vento e não viu nada, só nuvens! Isso é muito comum, e o único jeito é fazer um trato com São Pedro, como eu fiz, contar com a sorte e vir com tempo - que daí as possibilidades aumentam, né? Nós planejamos ficar 3 dias no parque nacional justamente para ter mais chances e, por sorte, fomos recompensados com esse dia raro de tempo fantástico por aqui!


 Mirante da Villa Serranoonde fica a Hostería Lago Tyndall


Sobre a Hostería Lago Tyndall: nessa época do ano o hotel está fechado e nós ficamos nas cabaninhas, que eles chamam "casas de férias". As cabanas são simples, com 2 quartos de 2 camas de solteiro, banheiro, sala com mesa de jantar e cozinha integrada (sem microondas) com fogão, pia, louça e frigobar. É tudo bem simples, para custar U$ 132 por noite, mas quando você olha pela janela ou sai na sacadinha e percebe onde você está, você pagaria o dobro, só pelo cenário - NÃO TEM PREÇO!!!

Eu queria, do fundo do coração, que todos os nossos amigos e leitores do blog, que gostam de viajar, pudessem assistir ao pôr do sol que nós assistimos da sacada da nossa cabana, em Torres del Paine, Chile! Já entrou para a nossa história...a vista para o Maciço Paine, o Río Serrano correndo ao lado, Los Cuernos ficando pink, hummm...



nossa "casa de férias" no Chile!

imagina uma felicidade!!!

um pôr do sol inesquecível...


Nós reservamos pelo Booking (a caixa de reservas do Booking tá aí na barra lateral). E uma coisa inacreditável: a internet wifi funciona incrivelmente bem! A gente achou que não seria possível ter internet decente aqui (é o fim do fim do mundo, o meio do nada!!!), só que não! Funciona bem direitinho...

Uma coisa importante que eu já mencionei mas não custa relembrar: aqui não tem comida! Não tem desayuno no hotel, não tem nenhum tipo de restaurante ou mercado - fora de temporada (durante a alta temporada existem vários, todos absurdamente caros!) - então traga de Puerto Natales toda a comida e bebida que você pretende consumir durante a sua estadia no PNTDP!

Mais informações aqui ou aqui



Quer conhecer a Hostería Pehoé, que fica encravada no meio do lago de mesmo nome? 

Veja este videoclipe, aqui ou no nosso canal no YouTubeaqui - não esqueça de selecionar a opção para assistir em HD, alta definição! 


Nos próximos posts, mais sobre a nossa viagem pela Patagônia - fique ligado!

Cotações (no momento da nossa viagem): 

R$ 1 = AR$ 3,47 / U$ 1 = R$ 2,42 / U$ 1 = AR$ 8,40 

Você também nos encontra aqui:


Veja mais fotografias desta viagem nas nossas redes sociais, em #felipeopequenoviajante e #operaçaofimdomundo2013

Assista todos os minifilmes da nossa aventura "patagônica" no Facebook ou os filminhos maiores no YouTube


Para ler mais, todas as nossas postagens sobre a Patagônia estão organizadas aqui

23 comentários:

  1. Que fotos maravilhoooooooosas. E a primeira? É de verdade mesmo??? kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahahahah Ana Luisa, é de verdade sim!
      Mas acho que eu que peguei um ângulo legal mesmo, pq nem eu acredito que ele estivesse "voando" tão alto!
      Tu conhece esta aqui? http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2013/02/a-historia-de-uma-fotografia-ou-como.html
      Obrigada!
      Bjokas, Claudia

      Excluir
  2. Olha, agora vamos começar a ler TODOS estes posts, pois, se já estávamos com vontade de ir para esses lados, agora ficamos com mais vontade ainda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obaaaa! Que bom que vcs se animaram! Vou adorar acompanhar a viagem de vcs!!!!

      Excluir
  3. Ana Luisa, muito bom seu blog! Só li os posts da Patagônia, pois é minha próxima viagem. Assim que der, vou ler suas demais aventuras. Devo pegar um carro em Puntarenas e ir até PTDP também. Mas não sei se vou conseguir hospedagem pois é em maio, muitos já estão fechados. Só uma coisa não ficou clara para mim, se você puder esclarecer: a estrada de Puntarenas até o parque é boa? Ou as estradas chilenas se parecem mais com as brasileiras? =( Obrigada! Parabéns pelas palavras e pelas imagens alucinantes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lara,
      Provavelmente a Hostería Lago Tyndall esteja aberta, nós ficamos lá e era inverno também, eles permanecem abertos no inverno!
      Sobre a estrada de Punta Arenas até o parque eu não sei te dizer, porque nós não fomos a Punta Arenas. A estrada de Puerto Natales até o parque é bem boa, tanto quanto as da Argentina!
      Boa viagem!
      Claudia

      Excluir
  4. Claudia, estou compilando seus posts num arquivo no Evernote para ler com o marido e definir nosso roteiro!
    Já fiz com ele em 2009 toda a parte norte da Argentina, indo para Santiago e Valparaiso.
    Agora temos uma pequena de 3 anos, e vc não sabe que tranquilidade nos passa trazendo essas imagens com seu Felipe!
    Só tenho uma questão que me preocupa que é a alimentação: eu e minha filha comemos muitas verduras e legumes (brocolis não pode faltar para ela). E sei que a alimentação na Argentina é baseada em carne e batata... como faz? qual a saida?
    bjs
    Thaty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaty,
      É verdade, na Argentina não tem muita verdura não, eles comem muita carne e batata! Eu levei comida congelada para o Lipe, muitos potinhos de feijão com arroz, mas não te recomendaria levar brócolis pq a vigilância sanitária deles pode não gostar...mas não te preocupa com isso, nos restaurantes pode ser complicado, mas no supermercado com certeza vcs encontrarão legumes e de repente até brócolis congelados! O jeito é se hospedar num hotel como o nosso, com cozinha!
      Bjokas, Claudia

      Excluir
  5. Olá! Sou português e vou viajar em final de Março para a região de Calafate. penso alugar carro e depois ir a El Chaltén ver o Fitz Roy. Depois ir de carro de El Chaltén a Puerto natales e de lá ir só dois dias ao PNTPaine, porque não dá mais. Duas perguntas: pode-se andar pelo parque de carro sem problemas? Como é de gasolina? Vocês fizeram trilhas sem guia? Se puderem ajudar agradeço.

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Como tu podes ver nos nossos posts, nós cruzamos o parque inteiro de carro sem problemas, encontramos gasolina caríssima para vender no hotel em que estávamos e fizemos trilhas curtas sem guia. Mais informações aqui: http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2013/10/post-indice-da-patagonia.html#more
    Boa viagem!

    ResponderExcluir
  7. Pessoal, vi que vocês sairam de Puerto Natales e foram para O parque parando pelo caminho, claro. Vocês fizeram tudo ou grande parte neste dia ? Acha que um dia daria ?

    Porque vocês pararam em Puerto Natales para dormir e não foram direto até o Parque para dormir lá ? Muito cansativo ?

    Eu e minah esposa iremos em Abril e estamos nessa dúvida. Temos 3 dias para sair de El Calafate e voltar, incluindo o deslocamento. A idéia inicial era ir de ônibus até Puerto Natales, no outro dia pegar a excursão de 1 dia inteiro a Torres del Paine, domir em Puerto Natales mesmo , e no outro dia voltar para el Calafate de ônibus. Mas depois desse relato de vocês as dúvidas bateram e estamos tendenciosos a pegar um carro mesmo. O Medo é não ter tempo suficiente e só cansar andando de carro.

    Obg
    Diego

    ResponderExcluir
  8. Diego, tudo que tu vês neste post nós fizemos em um único dia! No post seguinte tem a descrição do que fizemos no nosso segundo dia no parque, mas 1 dia é suficiente para ver o básico sim!

    Nós paramos para dormir em Puerto Natales porque queríamos conhecer Puerto Natales mesmo, mas se tu não tens interesse em conhecer PN podes ir direto de Calafate ao parque, sem passar por PN, que daí encurta bastante o caminho - na volta nós fizemos isso!

    3 dias é tempo suficiente para fazer o que nós fizemos: ir até PN com calma, dormir lá para conhecer, no dia seguinte ir até o parque, passear bastante, e no terceiro dia ainda dá tempo de ver o que faltou antes de voltar a Calafate direto, sem passar por PN - eu com certeza iria de carro, e não de excursão!

    ResponderExcluir
  9. Ana Luisa, parabéns pelo blog! As fotos estão divinas e tenho certeza que até quem não gosta ficaria com vontade de conhecer. Não é meu caso, pois adoro montanhas e TDP está na minha lista e finalmente vou em janeiro. Perguntinhas: 1. Pelas fotos Puerto Natales não parece muito atrativa. Dá pra riscar do roteiro sem culpa e partir de El Calafate direto para TDP? 2.Ô GPS vem junto com o carro alugado ou é de vocês? 3. Não entendi se a entrada por Lago Sarmiento é mais bonita(parece ser, na foto!) ou se é por Lagoa Amarga. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia! Dá pra riscar PN sim, sem culpa! Vc pode alugar GPS com o carro, mas custa caro e nem sempre há disponibilidade - nós sempre levamos o nosso! A entrada por Laguna Amarga é mais bonita, com certeza! Boa viagem!
      Claudia

      Excluir
  10. Seu roteiro ajudou muito Ana, acabei de chegar de viagem e já estou escrevendo minhas experiências também :)

    ResponderExcluir
  11. Claudia, td jóia? Continuo acompanhando seu belissimo blog....mais uma vez: inspirador!
    Bem....tenho algumas dúvidas. Será q vc poderia me ajudar?
    - Vale a pena conhecer Puerto Natales ou posso riscá-la do roteiro sem culpa?
    - Dois dias seriam suficientes para conhecer Torres del Paine?
    - Estou pensando em alugar carro em El Calafate. Vc sabe me informar a média de valor para aluguel do carro? O procedimento para alugar o carro é simples?
    - E como é dirigir por essas estradas em Junho? é muito arriscado pegar neve na estrada?
    Desde já muito obrigada pela atenção.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Geysa,
      Pode riscar PN sem culpa sim!
      Se tu não fores fazer trilhas longas, até 1 dia é suficiente para ver TDP, tudo vai depender de pegar tempo bom!
      Não lembro o valor que pagamos pelo aluguel de carro em El Calafate, mas lá no post sobre a cidade eu tenho certeza que tem essa informação, dá uma conferida! O procedimento é simples, mas para cruzar para o Chile com o carro alugado precisa de um permiso especial que custa caro e leva alguns dias para conseguir, é melhor ver isso com antecedência! Neve na estrada não é problema, o problema é gelo, mas em junho não é tão frio, nós fomos em agosto que é pior e não tivemos problemas nas estradas, basta dirigir com cuidado! Bjos, Claudia

      Excluir
  12. Ola..belo blog..poderia nos ajudar?
    Saio em outubro de calaf as te as 5 da manha com carro p TDP...1...poderia tracar um roteiro a partir da laguna amarga por onde vou chegar?..ate hosteria pehoe onde durmo?
    2....as 9 da manha saio p segundo dia de tour ate a hora de voltar p calafate...la 20 ou 21 hs....conto tb c sua ajuda....
    3...facil de se achar la no parque?...digo dirigir estradas etc?

    Muito obrigado....luiz e lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Se vocês lerem os nossos posts sobre Torres del Paine, vão encontrar exatamente o roteiro que nós percorremos. É bem fácil se orientar no parque, pois não existem muitas estradas por lá. E na portaria eles entregam um mapinha também!
      Boa viagem :)

      Excluir
  13. Olá!! Nossa, esse blog era tudo o que precisava ler! Minha filha tem 2 meses e vamos fazer a primeira viagem com ela em novembro, ela vai estar com 3, quase 4 meses e eu já estava achando uma loucura viajar com ela tão novinha! Vamos para Blumenau e Pomerode. Meu sonho é conhecer a Patagônia, em especial Torres del Paine e quero ir com ela. É possível ir quando ela tiver em torno de 2 anos? Ou é muito cedo? Muito obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kercia! Na nossa primeira viagem com o Lipe, ele tinha menos de um mês! Com 2 anos tá ótimo para ir à Patagônia! Com certeza! É só ter as roupas adequadas pro frio, e vai firme! Bjos

      Excluir
  14. Olá! Que fotos maravilhosas!! Amei! Uma curiosidade: Qtos anos o Felipe tinha nessa viagem?
    Estou indo para Patagônia no final do ano com meu filho, ele vai ter acabado de fazer 3 anos. Estamos super animados. Já conhecemos o lado Argentino e TDP sempre foi um sonho! E realizar sonhos com nossos pequenos é sempre incrível, né?
    Seu post está maravilhoso, mas... queria saber do segundo e do terceiro dia!!! O que vcs fizeram?
    Estou com uma dúvida cruel entre ir de carro alugado ou ficar nos hotéis ultra mega caros com os passeios all inclusive. É que a minha sogra vai ficar com meu filho enquanto eu e meu marido fazemos a trilha da base das torres. Esse hotel que vocês ficaram tem coisas para fazer por perto, para eles?
    Beijos e muitas aventuras!!
    Carol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol,
      Ele tinha 4 anos!
      Dá uma olhada nos outros posts aqui:
      http://www.felipeopequenoviajante.com/2013/10/post-indice-da-patagonia.html#more
      Nós preferimos ir de carro alugado e ficar num hotel mais barato. Achei os hotéis all inclusive caros demais :(

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...