16 de agosto de 2013

os 6 melhores mercados públicos do mundo* (íntegra do texto publicado no Caderno Viagem do Jornal Zero Hora)



Eu simplesmente A-DO-RO um mercado. Não, não estou falando de supermercados, ou de lojas em shopping centers. É MERCADO mesmo. Pode ser feirinha de rua, ou um mercado gigantesco como é o Grand Bazaar, em Istambul, na Turquia (esse, aliás, já é muito arrumadinho e turístico demais, pro meu gosto). Gosto mesmo é da bagunça dos mercados públicos, dos cheiros, do barulho, da muvuca, de ver os locais fazendo compras e o que eles compram. Nada nos dá um insight tão perfeito de um lugar quanto um mercado público espalhado e barulhento, cheio de barganhas e multidões.

Existem 6 mercados públicos que estão entre os melhores do mundo.

Primeiro, o mercado de Chatuchak, em Bangkok, na Tailândia: dá vontade de passar um mês lá dentro, nas 2 vezes em que estivemos lá, compramos tantas coisas (tudo tão barato!), que até hoje não sei como voltamos até o nosso hotel em Khao San Road carregando tudo aquilo!!!

Depois, o mercado noturno de Temple Street, em Hong Kong - não achei tão fabuloso assim, até porque não gosto de coisas falsificadas (que são 90% das mercadorias à venda lá), mas se você gosta de comprar bolsas de marcas famosas e óculos falsificados, é o seu lugar no mundo (depois da 25 de março, em São Paulo, claro!).

no Grand Bazaar, de 1520, em Istambul, na Turquia, 
dos maiores mercados públicos do mundo, com mais de 4.000 lojas, 
a 15 minutos de caminhada da Mesquita Azul


Posteriormente, numa viagem ao Oriente Médio, conhecemos o Grand Bazaar, na Turquia, que, como eu já disse, tem cara de shopping center, e o Khan Al-Khalili, no Cairo, Egito, que também achei o máximo, não tanto para se fazer compras, como o mercado de Chatuchak, mas pela atmosfera, pelo lugar em si, com um labirinto de ruelas estreitas, cheio de cheiros, histórias e pequenas tendas vendendo de tudo. Lá também fica o famoso café El-Fishawi, aberto 24 horas por dia há mais de 200 anos, lugar de reunião para os artistas locais que era frequentado por Naguib Mahfuz, Prêmio Nobel de Literatura e um dos autores mais conhecidos do Egito. 

Por último, estivemos em Chiang Mai, na Tailândia, na nossa grande viagem de volta ao mundo em 2011. Na verdade, em Chiang Mai não existe UM grande mercado público, mas dezenas deles - um mais legal que o outro: comida, artesanato, roupas, tudo o que você imagina!!!

Com o nosso pequeno viajante Felipe a tiracolo, contudo, visitar mercados não é tarefa fácil...

o pequeno viajante fervendo no Mercado Público de Porto Alegre, 
janeiro deste ano, antes do incêndio


Mas, dentre todos os mercados que já conhecemos mundo afora, como toda boa gaúcha bairrista, nem precisa dizer que o nosso preferido é o Mercado Público de Porto Alegre, né?!?

no Mercado Khan Al-Khalili, no Cairo, Egito**


* Este texto foi adaptado deste post nosso, de janeiro de 2011. 
** A foto acima é gentileza do Malas e Panelas, que nos encontrou lá na ZH e colocou a fotografia nas redes sociais - obrigada, Luciano!

Como o espaço no jornal é limitado, só deu para falar de 6 deles, mas...do jeito que somos fanáticos por mercados, eu não poderia deixar de lembrar, aqui no blog, de alguns outros mercados imperdíveis mundo afora:

Santiago do Chile

São Petersburgo, Rússia

tribos indígenas no norte da Tailândia

Salvador da Bahia

Kathmandu, Nepal

Montevidéu, Uruguai

Fortaleza, Ceará

Delta do Rio Mekong, Vietnam

Cracóvia, Polônia

Florianópolis, Santa Catarina

Chiang Mai, Tailândia

São Paulo tem um mercado público lindo, mas eu prefiro a confusão da Liberdade...


Você já visitou estes ou outros mercados públicos bacanas???

Conte para a gente!

6 comentários:

  1. Muuuito bairrrista você!!! Rsrs
    Não esquece de dar um pulinho em Ctba qquer dia e visitar o espaço novo do mercado!
    Adorei o post! Me diz uma coisa esse d St Peters é ao lado da estação de metro próxima da "Prospkt tansnan" ( kkk não sei escrever o nome ainda) ?
    Aryele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aryele,
      morro de vontade conhecer Curitiba! Fomos à Ilha do Mel uma vez mas ficamos devendo uma visita à capital!
      O mercado de St Peters é ao lado da igreja do Salvador do Sangue Derramado! Demorei tanto para responder que já deves até ter conhecido! Na volta me conta o que achasse!
      Bjokas, Claudia

      Excluir
  2. Puxa, varios mercados legais!

    Os meus favoritos sao:
    Haagse Markt de Den Haag (parece um camelodromo, tem de tudo, mas oque eu gosto mesmo eh da variedade de frutas, legumes e verduras por um preco maravilhoso)

    Nagycsarnok - Mercado Central de Budapeste, lindo demais sou apaixonada por ele.

    Mahane Yehuda - Jerusalem, lembra bastante do mercado de Istambul, outro que tb gostei basntante.

    Naschmarkt - Viena, Alem de oferecer uma boa diversidade de produtos, tb eh um excelente lugar pra fazer um lanche, tomar uma sopa, um vinho quente no inverno.

    Fischmarkt - Hamburgo, excelente opcao para os bohemios, uma alternativa bacana pro fim de noite ou para as manhas de domingo, mas tem que ir bem cedo pra poder aproveitar.

    E o mercadao de SP, que mora no meu coracao porque sou Paulistana da gema hahahha, tb gosto das feiras locais e claro, da Liberdade. =)



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ingrid, que comentário legal! Amei, muito obrigada!
      Sabe que nós conhecemos Budapeste mas não lembro desse mercado?!? :-(
      Os de Viena, Hamburgo e SP eu conheço! Mas Jerusalem ainda é sonho! Quase fomos lá numa viagem ao Egito mas acabamos abortando a missão e voltamos para Frankfurt...
      Bjokas, Claudia

      Excluir
  3. Olá, adorei o seu blog, parabéns pelo pique e pelas viagens lindas com o seu pequeno!
    Tenho um bebê de 5 meses e no momento ainda não viajamos com ele por causa do trabalho do meu marido. Mas já estou preparando as nossas 1as. férias com ele para o próximo ano, também ammmooo viajar como vcs, e sou super curiosa com o mundo.
    Só tenho uma baita dúvida: como é que vc faz com as sonecas do seu filho, e o horário de dormir ? Meu filho "capota" as 19 hrs. e a partir daí não conseguimos sair mais com ele.
    Também no horário das sonecas, ele gosta sempre de dormir no berço (to tentando acostuma-lo no carrinho, mas até agora, não deu certo! aí ele fica nervoso, irritado, porque não dorme).
    E as papinhas, comidinhas, etc??? Como é que vc fez?
    Se vc der essas dicas práticas para nós, acho que ajuda muito, pois essa é sempre uma dúvida/preocupação que rola quando viajar com crianças pequenas: os detalhes práticos.

    muito obrigada e novamente, adorei o blog !!!! vcs com certeza são um casal descomplicado, adoraria conhece-los. Infelizmente, é difícil conhecer gente assim... principalmente aqui no Brasil, o pessoal é tão medroso com criança, não vai nem na esquina, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oiiiii,
      desculpe não ter respondido antes!
      Sobre as sonecas, o Lipe sempre dormiu em qquer lugar, mas acredito que não precisas te preocupar muito com isso...conforme passa o tempo as coisas mudam, de repente daqui a um mês ele começa a dormir no carrinho na boa!
      Nas viagens eles cansam tanto durante o dia, fervendo, vendo tanta coisa nova, que de noite eles estão tão exaustos que apagam completamente, em qquer lugar! Por experiência, vejo que o que é um problema hj e tu faz um baita esforço para "treinar" a criança, daqui a um mês já mudou...aliás, quando o Lipe dormia, aí mesmo é que a gente aproveitava para ir num restaurante e comer tranquilos, ou para ir num museu, esses programas que, com eles, nem sempre são fáceis!
      Até os 6 meses era só leite, frutinhas...depois, nossa primeira viagem com comidinhas foi para as Cataratas, e a gente usava direto essas papinhas prontas da Nestle, mingaus de lata, etc #semremorso se é por poucos dias, que mal tem?
      Tu já leu este post aqui?? Tem várias dicas: http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2013/05/a-primeira-viagem-do-pequeno-viajante.html
      E sobre comida, este aqui: http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2010/05/tamales-ajiacos-bunuelos-pan-de-bono.html
      Desculpe de novo não ter respondido antes! Quando a pergunta merece uma resposta mais comprida, às vezes eu deixo para responder depois, com calma, e acaba passando!
      Bjo grande e se precisar de qquer coisa é só chamar aqui!
      Claudia@pequenoviajante

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...