17 de outubro de 2012

sobre ganhar a vida viajando e "publicidade escondida" no blog

Quando eu era criança, queria ser a Glória Maria. É, ela mesma, aquela repórter da Rede Globo. Meu sonho era ganhar a vida viajando, como ela faz desde sempre.
 
Como ela é uma em um milhão - tipo Nalu pelo Mundo, Zeca Camargo e umas outras poucas pessoas sortudas que ganham a vida viajando - o sonho de ser Glória Maria acabou ficando para escanteio, mas continuo adorando viajar. É o que eu mais gosto na vida, aliás. Se for de graça, melhor ainda (viva os programas de milhagem)!
 
 
 
encontrei famosas na Ponte Carlos, em Praga (no túnel do tempo!) -
nenhuma delas era uma "Glória Maria", mas me contaram que estavam lá a trabalho...
 

 
O pequeno viajante não surgiu com esta intenção - como sempre digo, a idéia é compartilhar experiências com outras famílias viajantes (o que a gente tem feito bastante), incentivando-as a viajarem com seus pequenos, e guardar nossas lembranças de viagens para o Felipe, para quando ele crescer (porque detesto fazer álbuns de fotografias e há muito tempo abandonei minhas tentativas frustradas).
 
Eu tenho a melhor profissão do mundo, e hoje em dia sei que acertei na minha escolha profissional. Hoje, se me oferecessem ser a Glória Maria, eu teria que pensar...(bom, pelo menos por uns minutinhos!!!)
 
Mas não seria de um todo ruim se de repente o blog proporcionasse um "patrocínio" para a gente. Sei que está cheio de blogueiros/as por aí que vivem disso. Outros talvez não cheguem exatamente a ganhar a vida viajando, mas certamente ganham uma viagenzinha aqui, uma estadia num hotelzão acolá...que inveja (da branca!) dessa gente...
 
No ano passado, quando resolvemos ficar 5 meses viajando, pensamos 1000 vezes como seria bom ter uma "ajudinha" financeira de alguma alma generosa. Alguma fábrica de fraldas que se interessasse em colaborar de alguma maneira com a nossa viagem - em troca postaríamos fotos do pequeno viajante usando a tal fralda, hihihihih...supercriativos, né?!? Mas, no final, esquecemos o assunto - nós somos péssimos em "nos vender"! (e se a fralda fosse horrível, daquelas que vazam??)
 
 
 
publicidade de mamadeira?
 

 
 de carrinho?
 
 
 
de bico? (Agra, Índia)
 


 Pampers e Nestle existem no mundo todo, no caso desta foto,
tudo made in Paquistão, comprado em Agra, na Índia!
 


 
publicidade de óculos de sol, máquina fotográfica??? estamos aí! (Agra)
 

 
Muitíssimas vezes já nos pediram para colocar propagandas de hotéis no blog. Recebo uns e-mails meio esdrúxulos, às vezes até meio cafajestes, com umas propostas estranhas nesse sentido. Então que fique bem claro: a gente não faz isso. Não adianta.
 
Seria diferente se eles convidassem a gente para conhecer o hotel/restaurante/locadora de veículos/companhia aérea/passeio e depois dar a nossa (livre) opinião no blog. Quando a gente gosta de um lugar, a gente faz uma baita propaganda. Mas alardear uma m... que a gente não conhece? Deusulivre!!! 
 
Outra coisa que acontece muito é certas empresas tentarem colocar a sua propaganda de forma insidiosa nos comentários. Aviso: nós deletamos sumariamente esse tipo de comentário.
 
Entendo que, hoje em dia, fazer propaganda de qualquer coisa voltada ao viajante em um blog voltado para viajantes é um ótimo negócio, porque, afinal, são cerca de 15.000 acessos por mês (isso no pequeno viajante - com certeza existem blogs de viagens com milhões de acessos/mês!), de um público qualificado que é exatamente aquele que a empresa de turismo quer atingir.
 
A gente adoraria aproveitar essa onda. Viajar de graça?!? Uau...mas pra bobo a gente não serve, então nada de publicidade subreptícia no blog, ok?!? Quer nos oferecer um passeio? Ótimo! Se for legal, a gente certamente recomendará para os leitores do pequeno viajante!
 
 
 
minha grande amiga Uli, a maior patrocinadora (junto com o meu "pai"trocínio) das minhas mochilagens pela Europa aos 20 e poucos anos, que me dava pouso e comida (muito) boa cada vez que eu voltava exausta e faminta para Munique batendo na porta dela depois de mais um giro europeu
 
 
 
Então, encerrando o assunto, repito o que já disse numa postagem recente: lembro que nosso bloguinho paga cada centavo de tudo que gasta do nosso suado dinheirinho, então não tem nada de "publicidade escondida" nas nossas recomendações - só recomendamos o que a gente realmente achou bom, ou, como neste caso, razoável. Aliás, se algum dia alguém achar por bem ajudar a patrocinar alguma aventura do pequeno viajante (sonho, sonho, acorda, Claudia!), vou deixar isso bem claro, fiquem certos disso!
 
 
 
Siwa Oasis, nos confins do deserto egípcio
 
 
El mundo le pertenece a cualquiera que se detenga
un momento, observe y siga su camino.
Colette

 
 

5 comentários:

  1. Legal claudia,

    Parabéns pela clareza e sinceridade, ser honesto é o lema.
    Infelizmente pessoas com caráter/ética questionáveis existem em todos os nichos da sociedade, nos blogs onde não existem editoriais e menor cobrança ou legislação tem muito "Gato vendido por lebre"

    Parabéns sou fã do Felipe o Viajante.
    O Aniversário dele no Transiberiano, é o post que mostrava para muitas pessoas para mostra que a viagem era segura e que até um casal Barsileiro havia viajado com um bebe.

    Continuem assim!!
    @GusBelli

    ResponderExcluir
  2. legal, Gustavo, é isso aí, muito gato por lebre! aquele aniversário do Lipe no trem transmongoliano foi emblemático para nós tb: provou que, estando perto da nossa família, qualquer lugar pode ser um "lar"!!!

    ResponderExcluir
  3. ah, esqueci de dizer que adorei o Viajar e Pensar - aquele post sobre a LCD que tu poderias ter comprado é a minha cara, hehehe...e todos os da transiberiana tb são excelentes! parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Plenamente apoiada. Em meu blog www.viagemsimplesmente.blogspot.com.br, tbm faço questão de dar dicas de lugares que fico e acho legal, sem nenhum intuito de propaganda com fins lucrativo. Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Muito claro e objetivo o seu post.
    Espero que você ganhe um patrocínio, pois as pessoas precisam de seriedade em publicidade e indicações. Talvez esse texto deveria ser uma prioridade de leitura para essas pessoas que querem "comprar" elogios.
    Parabéns!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...