29 de agosto de 2011

lugares que a gente se despede e lugares que a gente não se despede...jamais!!!

Nós temos uma tese: existem lugares dos quais a gente se despede, e existem outros dos quais a gente nunca se despede!


passando a régua em Moscou

Explico: nessa viagem, conhecemos e "passamos a régua", ou seja, demos por encerrada a nossa relação com a cidade, ou com o país, em Tallin (Estônia), na Rússia inteira, em Mianmar, em Jakarta...


em Mianmar, esgotamos os templos de Bagan

Isso não significa, de jeito nenhum, que não gostamos desses lugares. O fato de se despedir, ou "passar a régua", pode ter diversas razões diferentes. A mais comum, como é o caso de Tallin e do Egito, é quando a gente tem aquela sensação de saciedade, de que vimos tudo e não dá aquela vontade de voltar.


Tallin é linda demais, mas uma visita é suficiente

Em alguns casos, é simplesmente porque o lugar é meio inacessível, ou a gente sabe que o mundo é grande demais e aquele país não merece uma segunda visita, como é o caso da Rússia (apesar de termos amado Moscou e São Petesburgo), quando existe um mundo inteiro ainda por conhecer. No caso de Jakarta, por exemplo, não voltaremos porque não tem nada lá, mesmo!


Jakarta, a capital da Indonésia, não agradou muito!

O problema reside no fato de que existem alguns lugares que a gente não consegue nunca se despedir, apesar de sabermos que ainda há um mundo inteiro para ser descoberto, e acaba querendo voltar sempre lá. Paris é assim. Londres também. A Itália é "indespedível". Temos um caso de amor e ódio com Kathmandu e com a Índia que nunca vai acabar. Sabemos que ainda vamos voltar muitas vezes à Tailândia. Nesta viagem, descobrimos que Edinburgo é um desses lugares, que a gente ainda quer voltar muitas vezes. A Mongólia e o Laos também (ainda quero fazer tubing em Vang Vieng e me perder de novo de motoca em Luang Prabang). Cingapura, Bali e a China também merecem outras visitas...

ainda nem saímos de Cingapura e já estou louca para voltar!

Em alguns casos, menos extremos, sabemos que voltaremos porque tal lugar fica bem localizado, acessível, no meio de tudo (como é o caso de Bangkok), em outros porque ficou aquele gostinho de quero-mais, não deu tempo de ver tudo...o pior caso é quando a gente desenvolve uma relação de amor com um lugar, que fica sempre aquela eterna saudade...ah Goa!!!

Luang Prabang é tão agradável, tudo tão barato e aconchegante,
que dá vontade de voltar 1000 vezes...

A situação mais crônica acontece quando dá vontade de MORAR em determinado lugar: tenho planos de ainda morar um tempo em New York, Budapeste, Palolem...teria que ter 3 vidas!!!

ainda vou morar em New York, e vai ser em Manhattan!

Já é o nosso ritual, e invariavelmente a gente concorda: quando nós arrumamos as mochilas para ir embora de um lugar, nos olhamos e um de nós faz a pergunta infalível - "e aí, passamos a régua ou não?"

eternas saudades de Goa...



7 comentários:

  1. Hello..

    Moramos em Caxias do Sul e 'conhecemos' vcs pela reportagem que saiu no caderno viagem da Zero Hora. Uma amiga que está morando em Londres já nos passou o link pq adoramos viajar.
    Temos uma filha de 1 ano e 10 meses e ela já viajou um pouco..Não chega aos pés da experiência de vcs mas para nós, está ótimo
    Entrei no blog de vcs agora e estou amando...Estou lendo e chorando, acreditam? Porque o vcs falam é o que nós acreditamos...Tomara que consigas chegar a 10% de tudo o que vcs já fizeram..

    Enjoy the trip

    Marcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Marcia!
      Guria, só fui ver hoje teu comentário de 2 anos atrás!
      Que amor!
      Espero que tu tenhas voltado a nos visitar por aqui apesar da minha indelicadeza!
      Volta sempre, tá? E conta para a gente das tuas viagens também!!!
      Bjokas, Claudia@pequenoviajante

      Excluir
  2. Oi Clåudia abriu o post com meu queridinho da vez, oba!!
    Estou achando que Tallin é aquela mini cerejinha do bolo, rsrs, bonitinha, gostosinha e com uma mordidinha beeeemmmm concentrada.. Dá para passar a régua, rsrs!
    Agora, Palolem ??!! Oi! Prazer! Vou ter que descobrir onde é! Rs
    Bjus.
    Aryele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aryele, volta depois para confirmar, tá???? Quero saber o que tu achou! É bem isso aí, uma mordida concentrada e deu!
      Palolem é na Índia, guria, em Goa! Um paraíso...dá uma olhada nas fotos no Google imagens, kkkkkkk, porque nós fomos numa era pré-fotos digitais!
      Bjokas, e boa viagem, posta bastante fotos para a gente ver!
      Claudia@pequenoviajante

      Excluir
  3. Oi Claudia, conheci seu blog há pouco tempo e fico viajando nele, qdo vejo já é madrugada e ainda tem tanta coisa pra ler! Nossa, qtas viagens legais! Adorei a blogagem coletiva sobre os perrengues de viagem, seu post então ficou otimo. Estou pensando em escrever alguma coisa também sobre uns pequenos perrengues que já passamos com a filhota em viagens.
    Sobre passar a régua, foram poucos os lugares que visitei que posso dizer que não preciso voltar, ainda mais que falta muuuuita coisa pra conhecer ainda.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Kelly!
      Que legal! O que a gente quer é exatamente isso, incentivar, estimular, inspirar as pessoas a viajarem em família! É muito mais um blog de experiências do que de viagens hehehehehhe fico tri feliz que tu goste!
      Bjokas, Claudia

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...